Itália: cada vez mais longe da realidade e cada vez mais perto do caos – Um professor coloca fogo em seu próprio corpo enquanto uma senhora tenta matar sua própria filha

Karina Michelin

Karina Michelin

Enquanto em vários países no mundo a emergência é já superada, aqui na Itália a partir de hoje são tomadas uma série de medidas destinadas a inviabilizar a vida da população. Que serão divididas em base ao passaporte de vacinação ( Green pass) que possuem. 

  • Green pass base = obtido somente com um teste PCR ou antígeno negativo. 
  • SUPER Green PASS = poderes completo se você tiver tido o C-19 nos últimos 6 meses ou o ciclo de vacinação completo. 

O Super Green pass é o único instrumento de controle, obrigatório, e só serve para ter acessos a uma longa lista de serviços e “privilégios”, que neste caso é melhor, eu escrever a pequena e concisa lista de onde os não vacinados poderão frequentar a partir de hoje:  farmácias, drogarias, óticas, postos de gasolina, supermercados e lojas de alimentação. Entusiasmante não é mesmo?

A partir de hoje, lembramos que, a validade do certificado de vacinação será reduzida dos atuais 9 meses para 6 meses, dependendo das decisões de amanhã do Conselho de Ministros. As mudanças e imposições do estado não param por aí- Desde a manhã de hoje (01 fevereiro) começou a valer a obrigatoriedade de vacinação para aqueles que possuem mais de 50 anos, exceto aqueles que não podem se vacinar por motivo de saúde terão  que apresentar um laudo médico para serem isentados. 

Enfim, todos aqueles maiores de 50 anos que serão “ pegos em flagrante” sem a vacinação serão  multados com uma multa de 100 euros. O controle das pessoas será feito de forma aleatória e as multas serão enviadas pela Receita Federal mediante notificação ao Ministro da Saúde. Incrível não é mesmo? 

Diante de tantos abusos e leis liberticida o povo italiano se encontra cada vez mais endividado, desempregado, encurralado e cada vez mais deprimido. Está onda de repressão unida a depressão esta causando uma combinação letal para a sociedade. 

Enquanto os jornais italianos fazem propaganda da recuperação econômica do país, o mundo real, por outro lado, nos mostra tristes realidades. 

Um professor incendiou seu próprio corpo, em frente à uma delegacia de policia.  

Na cidade de RENDE, província de Cosenza um professor de 33 anos morreu hoje. Seu corpo foi devastado pelo fogo, ele chegou em seu carro, estacionou, saiu do carro apressado e decidido – jogando gasolina em seu próprio corpo, em seguida  acendeu o isqueiro e ficou em chamas. Dois homens que trabalhavam em uma borracharia ali perto, correram com extintores para tentar salvá-lo, mas infelizmente ele não resistiu às queimaduras excruciantes, e veio a falecer no hospital. É tão evidente que sobreviver não era o seu objetivo. 

Esse gesto desesperado  em frente  à delegacia de policia foi uma mensagem penetrante que todos hoje, estão evitando em falar. Porque não há confirmações, não há evidências, não há certezas, não há correlações – ou até tem, elas  estão lá, mas não podem ser divulgadas.

Não podemos ignorar o desespero que vivem milhões de italianos, dominados por dificuldades econômicas  e uma crise tangível de liberdade e identidade que percorre todo o país e que a mídia continua escondendo, varrendo-a para debaixo do tapete de suas consciências inexistentes.

Se, tais notícias forem confirmadas, se de fato o suicídio foi ditado pelo desespero de um professor que perdeu o emprego por regulamentos inúteis, paradoxais, absurdos, inconstitucionais. Os  cidadãos de bem em vez de sofrer passivamente com essa cena e com os delírios de políticos que atuam no limiar da sociopatia,  podem começar a ficar putos e INDIGNADOS!

Teremos que começar a fazer justiça  em nome destas vítimas da pandemia, e de todas as pessoas que tiraram suas vidas até aqui. O caos social foi instalado, as pessoas perderam completamente a cabeça, e foram levadas à um precipício insano e cruel. 

O caso do professor de 33 anos não foi o único nas últimas 24 horas. 

Uma mulher de 81 anos que mora em Mestre (Veneza) tentou matar sua própria filha de 56 anos com marteladas  na cabeça. O episódio, ocorrido ontem à tarde (31 jan) na cidade do continente veneziano, foi anunciado hoje (01 fev). Parece que a causa da briga foi uma convivência que se tornou difícil, principalmente porque a filha, não queria se vacinar, e trabalhava de forma remota em casa. 

Os vizinhos, alarmados com os gritos vindos da casa vizinha, chamaram socorro. Os policiais, chegando ao local, prenderam a idosa por tentativa de homicídio, que foi colocada em prisão domiciliar. A filha, foi atendida pelo 118, e transportada para o hospital, onde está internada com prognóstico sigiloso.

Através destas histórias e  imagens atrozes, ninguém poderá esquecer ou ignorar, as feridas que foram impressas nas pessoas nestes últimos 2 anos de pandemia ,nestes últimos 2 anos de um estado de emergência sem fim – onde o medo e o terror foram os ingredientes diabólicos desta operação. Espero que, através destes exemplos (que ninguém gosta de relatar) – todos entendessem que o desespero e a solidão podem levar as pessoas ao encontro do caos, no qual  hoje estamos abandonados. 

A idiotice cega e sem piedade daqueles que nos governam, nos mostram a  inadequação e a falta de empatia das pessoas que se dizem “especialistas” em escreverem leis que beiram o analfabetismo e a loucura – além de conduzirem toda uma sociedade a morte perene, sem nenhuma lógica ou dignidade. 

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

10 comentários em “Itália: cada vez mais longe da realidade e cada vez mais perto do caos – Um professor coloca fogo em seu próprio corpo enquanto uma senhora tenta matar sua própria filha”

  1. Os tiranos estão governando e destruindo nossas liberdades! Vêm coisa pior por aí.
    Logo o anti-cristo será revelado e viveremos os 7 anos da grande tribulação!
    Jesus está voltando.

  2. Deus tenha compaixão do nosso planeta. Horrores como os da Itália tendem a se espalhar por todo o mundo. Ausência de empatia e Amor, leva os governantes a sacrificarem os governados.

  3. Karina, sou fã do seu trabalho.
    As pessoas estão dominadas pelo medo. Será uma geração estranha a que cresceu vendo seus pais de máscaras e passando álcool em tudo.
    A minha esperança está no reino de Deus!

  4. Quando as pessoas indignadas se levantarão contra essa tirania absurda na Itália, no Brasil e em outros países, como tem acontecido no Canadá entre outros???

  5. A história da crueldade política, remonta a milênios. Várias civilizações que já passaram por este planeta,trazem em suas histórias a tirania política. Hoje não é diferente de ontem, a grande batalha já iniciou, e ela é entre você cidadão e o político, pois hoje podemos ver claramente a patologia sociológica de que se veste o homem que entra para política , a crueldade tirânica.

  6. Como pode ser possível os governos, os estabelecimentos e as pessoas de suma ignorância não perceberem que nem
    No calendário anual de vacinas foi inserida a injeção de COVID 19?
    A justiça tem sua estátua representada por uma venda nos olhos não por ser “cega”, mas sim porque a verdadeira justiça é imparcial, analítica, e considera todas as partes envolvidas em um fato ou um conflito, evitando assim que apenas o que os olhos enxergam seja o veredito de uma sentença!

  7. Olá Karina eu também acompanho seu trabalho e pesquisando sobre esse incidente aí na Itália eu percebi que praticamente nem um órgão de imprensa divulgou isso né eu cheguei a ficar com dúvida se realmente foi verdade este acontecimento caso você tem alguma outra fonte dessa informação eu gostaria de saber se saiu isso na TV na Itália se alguma imprensa grande imprensa da Itália do mundo divulgou isso eu lembro o Claro várias postagens e mais um site que eu encontrei eu vi que realmente isso aconteceu a uns três dias mais ou menos né e não tenho dúvida da veracidade né mas me despertou assim a dúvida quando eu comecei a pesquisar e não achava essa notícia né aí eu achei na no seu site e também mais uma página né E nem nenhum lugar mais eu achei essa notícia infelizmente o seu título neste posto é perfeito

  8. O que é entristecedor é perceber que tudo está como está porque o povo é safado, irresponsável que entende que suas saúdes são obrigação de mérdicos e não deles próprios!
    Povo sem vergonha, hedonista, safado, IRRESPONSÁVEL sempre irá garantir estados totalitários, isso é atávico, o estado só se assorberba se o povo se diminui com atitudes lixos! Povo que enche o rabo de alcool em noitadas hedonistas SEMPRE irá depender dos outros para se resolver, da mesma forma que precise de dopping para “deixar a vida mais alegre”!
    Isso é tão estúpido quanto a frase: dinheiro não trás felicidade, manda buscar! O que trás felicidade é SAÚDE!
    E gente saudável não é subjugável, não pode ser submetida!
    E claro, se o estado precisa submeter para ser sustentado (cada um 200 milhões de cidadãos paga metade de seus proventos para sustentar 10 milhões de parasitas, os funcionários públicos), a última coisa que ele irá desejar é o povo saudável, afinal povo saudável não vai querer sustentar sistema de saúde caro a toa, é fundamental a desintegração da saúde do povo de qualquer maneira!
    E o povo sem vergonha ainda espera que deus faça a higiene de suas porqueiras…

    Não culpemos os governos, os dominantes globais, os farmafiosos, pois nessa bagaça só existem esses porque o povo virou lixo irresponsável!
    A culpa está em cada golada no chopp e no refri, em cada mordida no churrasco e no hamburger, em cada relaxada de esfincter em cada sentada sedentária para se focar em telas, em vídeos em videotias!
    Fica a pergunta derradeira: temcupaeu? 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *