Mensagem do Bispo Viganò sobre as hierarquias do Vaticano e o soro experimental

Karina Michelin

Karina Michelin

Uma consideração sobre minha carta ao presidente da USBBC e ao CDF sobre o soro gênico experimental.

Como era previsível, minha Carta Aberta ao Presidente da Conferência Episcopal Americana e ao Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé sobre a legalidade moral (aqui), a eficácia e o perigo dos soros gênicos experimentais que deveriam atuar como vacina contra o Covid não foram respondidos: isso mostra que a questão por mim levantada não é considerada relevante para o Episcopado Americano e para o antigo Santo Ofício; ou talvez isso – justamente por sua importância – decidiu-se ignorá-lo, seguindo a narrativa oficial, abraçada pelo Vaticano.

Os múltiplos endossos do Vaticano à campanha criminosa de vacinação em massa confirmam a plena adesão da Hierarquia à vulgata globalista sem levar em conta as graves críticas das chamadas vacinas, tanto em termos de sua produção quanto de sua comprovada ineficácia, para o enfraquecimento do sistema imunológico que eles induzem e, em última análise, pelos graves efeitos colaterais que acarretam.

Prelados que traem seu mandato e são quase sempre tão corruptos na doutrina quanto na moral, ocuparam a Igreja de Cristo para transformá-la em uma igreja estatal, uma zelosa servidora da Nova Ordem Mundial e apóstata da Fé. O que até algumas décadas atrás era uma infiltração se transformou em uma verdadeira invasão em todos os Dicastérios Romanos e nos órgãos periféricos. A Pontifícia Academia para a Vida não é exceção, que se tornou um órgão do neo-malthusianismo a ponto de declarar que submeter-se à inoculação da droga experimental é um ato de amor e um dever moral, negando apodicamente não apenas a evidência dos fatos , mas também a existência de um plano mundial que deliberadamente fez com que esta psico-pandemia provocasse uma redução impiedosa da população – especialmente os idosos – do mundo e impor formas de controle e limitação dos direitos naturais dos cidadãos. Mons. Vincenzo Paglia, depois de ter mostrado uma mentalidade coletivista digna da pior ditadura comunista (aqui), nega que haja uma “conspiração” (aqui) justamente quando a Agenda 2030 das Nações Unidas – ou seja a Grande Reset do Fórum Econômico Mundial – é explicitamente mencionado pela Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen (aqui). O acesso ao Vaticano e aos escritórios da Cúria é proibido aos funcionários e a qualquer pessoa sem o Super Green pass: Cardeais e Prelados saudáveis ​​ou curados de Covid não podem exercer suas funções nos Dicastérios Romanos, e funcionários não vacinados são deixados em casa sem salário. Como exemplo prático de inclusão e misericórdia, o “pontificado” bergogliano se nega.

Se não é surpreendente que a igreja profunda seja totalmente subserviente ao estado profundo, nem que Bergoglio queira se colocar como candidato à presidência da Religião da Humanidade que a Nova Ordem Mundial pretende estabelecer, por outro lado vemos que a pandemia representa apenas um aspecto da complexa rede de cumplicidade entre a oligarquia globalista, o poder financeiro e as empresas farmacêuticas, instituições internacionais e governos nacionais em todo o mundo. Encontramos a confirmação disso nas reuniões confidenciais do argentino com o CEO da Pfizer, Albert Bourla, denunciadas por Edward Pentin no National Catholic Register (aqui) e por Jules Gomes no Church Militant (aqui), em que o financiamento substancial também emerge – da ordem de 1,6 bilhão de dólares por ano a partir de 2014 – que a ditadura comunista de Pequim teria pago aos desastrosos cofres do Vaticano como compensação pelo silêncio da Santa Sé sobre a perseguição aos católicos da Igreja clandestina, cujos mártires são traídos e impiedosamente ignorados por aqueles que deveriam defendê-los e denunciar as violações dos direitos humanos.

Esses interesses conjuntos são muito mais amplos e envolvem também outros personagens: o tempo fará jus à cumplicidade da igreja bergogliana com os autores do golpe de estado mundial em andamento e, junto com as máscaras, vai derrubar as máscaras daqueles que se mostraram salvadores da humanidade enquanto procuravam subjugar os povos, exterminar ou tornar os cidadãos doentes crônicos.

Aqueles que não estão cegos pelo preconceito ou desacreditados por conflitos de interesse macroscópicos já entenderam que a avaliação moral do soro gênico experimental não pode e não deve se limitar a uma análise dos elementos isolados, mas para estender ao quadro geral, que por si só pode mostrar a relação entre a emergência pandémica, a campanha de vacinação, o boicote aos tratamentos disponíveis, a imposição do passe verde e a destruição do tecido social e económico de muitas nações. Olhar para o soro gênico como se fosse uma vacina real que previne uma doença grave é inútil, pois sua eficácia na prevenção do contágio é zero e a Covid não é uma doença mortal se tratada prontamente. A notícia da falsificação dos dados oficiais de óbitos por e com Covid pelas instituições de saúde é acompanhada pela ineficiência do VAERS (Vaccine Adverse Event Reporting System) na notificação de casos adversos, a que se soma a fiscalização passiva do sistema de saúde europeu , em violação das regulamentações em vigor para drogas experimentais.

Alguém pensou que a minha intervenção neste tema representava uma espécie de “invasão de campo” por parte de um Bispo, sobretudo pelos temas científicos que abordei. E para me ensinar a não me meter em questões especializadas, foi publicado um artigo da Dra. Gwyneth A. Spaeder (aqui) que deveria ter refutado meus argumentos; a coisa foi tão mal orquestrada, e com tanto viés, que acabou trazendo à tona os conflitos de interesse de Spaeder. Dr. Massimo Citro Della Riva quis me defender, respondendo-lhes ponto a ponto, com centenas de fontes autorizadas e provas inequívocas (aqui). Com sua segunda intervenção em resposta ao Dr. Citro (aqui), a Dra. Spaeder não conseguiu apresentar nenhum elemento válido que afetasse as declarações do Dr. Citrino. O que encerra a disputa com uma nova carta impecável.

Com a graça e elegância que os distinguem, Dr. Citro demonstrou a improcedência do que disse a Dra. Spaeder, principalmente ao destacar o conflito de interesses envolvendo médicos, empresas farmacêuticas, publicações científicas, agências farmacêuticas, órgãos universitários, instituições públicas. Mas, segundo alguns, a evidência de uma intenção maliciosa na gestão da pandemia é um indício de transtorno psiquiátrico ou possessão diabólica: o que diz muito sobre o profissionalismo de certo jornalismo e o declínio de certos jornais (aqui).

Tendo observado a escandalosa apostasia da Hierarquia por um lado e o plano criminoso da oligarquia globalista por outro, entende-se então por que Bergoglio e sua corte são apoiadores necessários do golpe de estado em andamento.A corrupção da indústria farmacêutica, embora conhecida, é deliberadamente ignorada, pois a BigPharma é uma das principais aliadas da elite na busca do Grande Reset. A igreja de Bergoglio também é defensora da Nova Ordem Mundial, e os crimes cometidos sob o pretexto da pandemia são culposamente silenciados por Bergoglio porque ele espera obter vantagens políticas. Este golpe será frustrado, e com ele a seita de hereges e corruptos que ocupa o Vaticano entrará em colapso inexoravelmente.

Mas para que a verdade triunfe e os culpados sejam condenados, é preciso abrir os olhos, reconhecendo a crise de autoridade tanto no plano político quanto no religioso: ambos, tendo negado sua origem em Deus Criador, Senhor e Redentor , perderam sua legitimidade e, consequentemente, a obrigação dos cidadãos e fiéis de obedecê-la. Rezemos, portanto, para que os governantes civis e eclesiásticos compreendam que só voltando a Deus e à Sua lei poderão merecer o respeito que hoje lhes cabe negar. E que o Senhor proteja e dê coragem àqueles que se opõem ao reino de Satanás na terra.

+ Carlo Maria Viganò, Arcivescovo

27 Gennaio 2022

S. Joannis Chrysostomi Episcopi et Confessoris et Ecclesiae Doctoris

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

11 comentários em “Mensagem do Bispo Viganò sobre as hierarquias do Vaticano e o soro experimental”

    1. Karina, Vigano eh tradicionalista radical, grupelho q ha na Ig Catolica q nada tem de catolico a nao ser a propaganda q eles fazem se si mesmos como sendo os arautos da verdade.
      P saber qual eh a do papa, por favor acompanhe as audiencias, cartas apoatolicas, exortacoes apostolicas, Angelus catequeses etc. Neles vc sabera o q papa pensa fala e faz.

      1. Papa é comunista e faz parte da Nova ordem mundial.. chegamos em um momento q não dá p ter uma idolatria cega por ninguém (exceto Deus e Jesus Cristo) eu gostava muito do papa Francisco, gostava…

        “Em despedida do Equador, Papa pede nova ordem mundial econômica..” 08/07/2015 .. já não é de hoje

      2. Se vc acompanhasse papa Francisco nas cartas apoatolicas, exortacoes apostolicas, Angelus, etc etc, daberia o q o papa realmente pensa, fala e faz , e q portanto, Vigano faz acusacoes

        1. Se assim tiver que ser….os que estejam com Viganó e o tradicional e os que estam com o Bergoglio com seu progressismo e comunismo! Sou totalmente a favor do cardeal Viganó!

        2. Se vc acompanhasse papa Francisco nas cartas apoatolicas, exortacoes apostolicas, Angelus, etc etc, daberia o q o papa realmente pensa, fala e faz , e q portanto, Vigano faz acusacoes falsas

      3. …’E que o Senhor proteja e dê coragem àqueles que se opõem ao reino de Satanás na terra ‘

        Amém !
        Obrigada pelo texto e trabalho incansável,Karina.
        Deus lhe abençoe.

        1. Se vc acompanhasse papa Francisco nas cartas apoatolicas, exortacoes apostolicas, Angelus, etc etc, daberia o q o papa realmente pensa, fala e faz , e q portanto, Vigano faz acusacoes

          1. Este papa Francisco é jesuíta, egresso do partido comunista argentino…Abençou todos os ditadores comunista da América do Sul em pleno Vaticano ao vivo e a cores, as fotos estão na web…

          1. Se vc acompanhasse papa Francisco nas cartas apostolicas, exortacoes apostolicas, Angelus, catequeses etc etc, saberia o q o papa realmente pensa, fala e faz , e q portanto, Vigano faz acusacoes falsas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *