Pular para o conteúdo

AGENDA 2030: Depois das larvas e gafanhotos, a Comissão Europeia também aprova os grilos para consumo humano

Karina Michelin

Karina Michelin

O inseto chegará às mesas a partir de 24 de janeiro. Alimentos contendo pó de grilo doméstico poderão ser encontrados em todos os supermercados da União Europeia, inclusive na Itália.

Como podemos nos defender das políticas europeias e da agenda 2030, que querem nos impor insetos e carne sintética em nome da proteção ambiental?

Pouco resta a fazer, visto que a União Europeia liberou o comércio de insetos e carne sintética. As razões desta aprovação enquadram-se no plano global da agenda 2030. Trata-se de um  programa já conhecido, concebido pelas elites de Davos e compartilhado pelas Nações Unidas (ONU), que estabelece uma série de objetivos para o “desenvolvimento sustentável” ( aqui ). Segundo líderes europeus, os insetos resolveriam pelo menos quatro das metas estabelecidas pela ONU para serem alcançadas até 2030: a pobreza, a fome, a crise climática e a crise produtiva. 

No entanto, o poder dos consumidores não deve ser subestimado, a população pode minar os planos de Davos se recusarem a consumir insetos. A Itália já deixou claro que, não esta de acordo com os planos da União Europeia e não compartilha dessa visão. 

Segundo uma pesquisa recente da Coldiretti ( uma organização de empresários agrícolas a nível europeu com 1 milhão e meio de membros),revelou que a maioria dos cidadãos italianos rejeitam a chegada de insetos ao mercado. 54% disseram ser contra, 24% indiferentes, 16% a favor, enquanto os 6% restantes não responderam à questão. ( aqui )

“Além da normal oposição dos italianos a produtos muito distantes da cultura nacional, a chegada dos insetos às mesas – lê a pesquisa de Coldiretti – levanta questões específicas sanitárias e de saúde. Perguntas que precisam ser respondidas, esclarecendo os métodos de produção e a própria origem e rastreabilidade. De fato, devemos considerar que a maioria dos novos produtos vem de países não pertencentes à UE ( União Europeia), como Vietnã, Tailândia ou China, que estão há anos no topo do ranking em termos de número de alarmes alimentares”.

O “Acheta domesticus” tem cerca de 2 centímetros de comprimento, tem longas antenas e é nativo do Vietnã. A Cricket One Co. Ltd, uma startup vietnamita, será a única capaz de comercializar pó de grilo nos próximos 5 anos; “a menos que um requerente subsequente obtenha uma autorização para esse novo alimento sem referência a dados científicos protegidos pelo Artigo 3 ou com o consentimento da Cricket One Co. Ltd.” ( aqui )

Fala-se de um pó de grilo, “parcialmente desengordurado“, que em breve será incluído em muitos produtos alimentícios de grande consumo. Pão, pizza, bolachas, barras, sopas, cerveja, batatas fritas e até chocolate. Preparados de carne, misturas para panificação, leite em pó: a lista é surpreendentemente longa. Até produtos veganos, alternativos à carne – como afirma o site da empresa asiática ( aqui ).

A Associação Filiera Italia (aliança para proteger e representar as qualidades distintivas e a excelência do sistema italiano de produção e transformação agro-alimentar) também se posicionou contra o consumo desta agenda. Luigi Scordamaglia, diretor administrativo, definiu como “errado e prejudicial” apresentar os insetos como alimentos sustentáveis. ( aqui )

“Chega de oferecer alimentos sintéticos ou exóticos distantes de nossa cultura como uma panaceia verde para a alimentação do futuro, nossa alimentação feita de qualidade, segurança, cultura, territórios e sustentabilidade é o modelo ideal para valorizar e proteger”. – Luigi Scordamaglia

A cadeia de suprimentos italiano movimenta mais de 560 bilhões de euros em faturamento. 

Ao contrário de Nicole Kidman, Angelina Jolie e todos os garotos propaganda da ONU, que incentivam o consumo de insetos para a plebe, com a desculpa de ser sustentável e benéfico ao planeta, a grande maioria dos italianos jamais traria insetos para a mesa, considerados completamente impensáveis à cultura alimentar italiana.

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

12 comentários em “AGENDA 2030: Depois das larvas e gafanhotos, a Comissão Europeia também aprova os grilos para consumo humano”

    1. Cara, vc é medíocre assim mesmo ou é só um ensaio para se tornar mais cretinamente cabotino?
      Vc realmente acha que é engraçado?
      São lixos como vc que garantem essa fossa que está o imundo!
      Cabotino babaca!

    1. …e cabe a nós fazermos com que isso seja alimento só deles!
      E como fazê-lo?
      Na frente dos quarteis, exigindo a lixiviante intervenção militar com o máximo de matança de lixos.
      TODOS OS AGENTES PÚBOLICOS EM POSIÇÃO DE LIDERANÇA ATUALMENTE DEVERÃO SER EXECUTADOS SE QUISERMOS UMA VIDA SADIA.
      eNTENDER ISSO É FUNDAMENTAL.
      Em tempo, lembrto que quitina não é digerível de forma alguma por seres humanos e essa agenda é CARCINOGÊNICA!
      A palhaçandemia covid foi o maior ataque judaico contra a humanidade, o wef é JUDEU, todos os envolvivos em todas essas agendas são judeus, e mesmo assim a macacada ainda não percebeu embora não tenha um agente não judeu nessa agenda.
      Leia o velho testamento para saber o que são judeus e para o que foram construídos, com essa base nunca mais poderá ser enganado!
      Estamos em uma guerra entre espécies, a humana e a judaica, e a judaica está ganhando de LAVADA!
      Tenhamos qualidade para clamarmos a guerra diante dos quarteis, nos plantemos lá e gritemos: queremos treinamento para partirmos para a matança dos lixos comunoglobalistas (comunismo 1000% judeu, marx era um LEVITA: mordekay levi e o wef mais ainda, klaus schwab, harari, bill gates, TODOS JUDEUS desde sempre), pois eles estão vindo matando com tudo, com palhaçada de vírus, com lockdown, com agressões policiais, com mérdias disseminadoras de medo, pavor, hipocondria e histeria!
      E se vc é judeu, mais uma vez te digo para ler sobretudo levitico e números pois em ambos está claro que judeu vira-alatas é GENTIO, SÓ OS FILHOTES DA CASA DE DAVID, SÃO JUDEUS, O RESTO É BUCHA DE CANHÃO!
      E se vc está aqui indignado evidentemente é judeu vira-latas e como tal só serve para sparring dos fabricados e escolhidos de deus!
      É na frente dos quarteis que conseguiremos qualquer coisa em nosso benefício!
      E NUNCA dê trela para quem fala mal das FFAA, pois essas somos nós em ARMAS!!!

  1. Muito simples, é só não consumir. Façamos o esforço de ler as embalagens e garantir que não tem farinha de algum inseto, pelo menos de forma comprovada e aprovada pela poderosa Anvisa, que aliás fechou

    1. PERFEITA sua colocação Nívea!!
      Digo mais, só comprem alimento in natura, pois é a única forma de terem certeza que não vão comprar gato por lebre!
      Até porque já estão eliminando as indicações de transgênicos nas embalagens dos produtos!

  2. Cara Karina, quando o berço da pizza ousa se manifestar com tal abominação temos a certeza absoluta de que o fim do mundo está mais vivo do que nunca!
    Não como mais pizza tem uns 6 anos (embora minha relação com a pizza seja quase sexual), pois hoje a quantidade cavalar de drogas que enfiam no gado já destruíram qualquer derivado lacteo!
    A maioria das drogas são lipossolúveis!
    Mas entre comer uma insanamente saborosa pizza e comer insetos, por mais ruim que sejam os resultados dessas drogas lacteas, as consequencias da quitina no organismo humano serão absurdamente mais destruidoras!
    Dessa forma sugiro a todos os italianos que procurem por queijo aos moldes do queijo uruguaio, pois por conta da excelência da carne uruguaia, o gado uruguaio só usa homeopatia, sem antibióticos, e o queijo é limpo, sem drogas!
    Infelizmente por aqui não tem como trazer do Uruguay queijo, a barreira sanitária pega forte no RGS por conta disso.
    Quando lá me acabo no queijo, mas infelizmente aqui não chega aquele queijo, mas por aí deve ter, pois a maioria da produção de queijo uruguaio é para exportação!
    Vida LONGA A PIZZA E MORTE BRUTAL AOS AGENDADORES DE INGESTÃO INSETÍVORA! 😀
    Uau… falar de pizza para mim é algo dsequilibrante! 😀

  3. Em tempo, o grilo e o gafanhoto são ambos ortopteros, assim como a blatella (ou blata) germânica, Blatta orientalis e a periplaneta americana,BARATAS, as blatas são cascudas e periplaneta é voadora.
    Junto a esses tem também o louva deus, também ortóptero.
    Sendo as baratas mais prolíficas que grilos e gafanhotos e tambe´m cosmopolitas, fica evidente que a meta final é colocar a macacada para comer baratas, até porque não é possívcel identificar se é farinha de grilo ou barata!
    São insetos que não possuem fase larval, já nascem exatamente como são, e a cada crescida trocam de quitina.
    Quando na muda são frágeis, de cor clara, meio branca, e ficam macios até a oxidação final da quitina.
    Essas curiosidades têm como objetivo lembrar a todos que a meta é mais vomitante do que imaginam! 😀

    1. Caro, e quanto ao consumo de larvas, tipo daquelas que encontramos em troncos de árvores?

      Outra: decadas e mais décadas atrás era muito comum a farofa de tanajura, aquele inseto que costuma aparecer aos milhões em algumas épocas do ano.

      1. Tanajura é saúva gravida!
        Só a casca não é digerível, mas a quantidade é pequena e facilmen te expulsa, sem provocar danos, para bosquímanos os cupins termitas, são o arroz!
        Essas larvas são 95% tecido digerível, só uma pequena parte de quitina.
        Mas farinha de inseto vai tudo, patas, asas, tudo, da mesma forma que ração de animais by purina, que tem osso, pena, folhas, papel, tripas, decomposições diversas, insetos, casca de camarão, pedaços de crustáceos diversos, etc.
        E hoje abundam cães e gatos com carcinogenia.
        Por que os lixos não estimulam o consumo de minhoca?
        Porque essa não faz mal à saúde!
        Judeus buscam exterminar humanos e são judeus os donos de todas agendas!

        1. A farinha da tanajura era só com aquela parte mais gordinha. Era limpa, pô! Não ia refugo no meio não!

          Prova desse lance aí da asa, peixe em aquário gosta muito daqueles cupins que ficam na lampada, mas não comem de jeito nenhum a asa deles!

          Povo não costuma ler, mas embalagem de alimentos (se é que pode-se considerar esses industrializados como alimento) costuma indicar conter crustaceos. Já vi isso em embalagem de bolacha recheada.

          Por falar em farinha… Tem uma mãe de um amigo, já bem idosa, que faz uma farinha de mandioca que não tem igual. É daquelas que até chega a garrar no céu da boca! E faz tb aquele queijo de cabra que olha lá cairia bem na sua pizza!

          O que tem de alimento bom e saboroso nesse mundo que não tem codigo de barras o povo nem imagina!

          1. A cacá é que alimento bom dá trabalho e tranqueira é só tirar da embalagem.
            Na àsia a macacada come escorpião e outros fritos, acredito que a fritura que sempre gera mais de 150 graus consegue degradar a proteina quitina.
            Mas é da cultura.
            Aqui no Brasil a tanajura era comida em farofa com arroz, e é com o disse, só a bunda, o resto até pegar é complicado, a mandfíbula de sauva corta como navalha, e moleque arrancando antena para colocar elas para brigar já vi meu dedo ser cortado como manteiga! Ademais, saúva tem espinhos nas costas!
            Sou fã de aquariofilia, já tive vários, uma vez consegui um bioma perfeito com platis e rívulus, o aquário ficou esteticamente comprometido, mas o bioma ficou perfeito a galera desandou a reproduzir!
            Mas dedetização e aquário mal tampado me tramatizou.
            Meus barbos ouro comiam na minha mão junto com tricogaster azul e aquele mais rosa. Os caras escalavam as valisnelias e se expunham sem medo, ficavam se debatendo em cima das folhas até encontrarem uma brecha para entrar de novo.
            Cupim é gordurosaço, a peixarada ama! Uma vez joguei uma minhoca daquelas bem magrinhas e um paulistinha mordeu e tentou engolir, ela vazou pela guelra e o infeliz ficou em péssimos lençois, pois o resto da peixarada ficavam mordendo a minhoca arreganhando a guelra dele.
            Mas entre mortos e feridos salvaram-se todos! 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *