Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

“As vacinas estão alimentando novas variantes da Covid?” Esta é a pergunta do Wall Street Journal 

Karina Michelin

Karina Michelin

“O vírus parece estar evoluindo de maneiras que fogem da imunidade.” 

Um dos maiores jornais americanos publicou um artigo em 01 de janeiro de 2023, levantando a dúvida que há quase 3 anos, médicos, pesquisadores e até mesmo o prémio Nobel, Dr. Luc Montaigner, afirmou que iria acontecer. Montaigner, um luminare da ciência teve sua reputação destruída pelos fact-checker e médicos alinhados ao sistema, pelas suas declarações sobre a vacina Covid-19. Desde o início da vacinação em massa ele alertou sobre os possíveis problemas que a humanidade iria enfrentar depois de se inocular com um soro experimental a base de mRNA – 2 anos depois suas previsões começam a se realizar.

Por que os especialistas não estão preocupados com o fato que, a atenção obsessiva dos governos nas vacinas em vez de tratamentos possa ter deixado milhares de americanos vulneráveis em risco ​​às novas variantes?”. Essa é a pergunta que encerra um longo editorial publicado no Wall Street Journal escrito por Allysia Finley, membro do Comitê Editorial do jornal americano. ( aqui )

Ainda mais importante, e certamente não inesperado para aqueles que enfatizam a mesma coisa há anos, é a pergunta que abre o artigo: As vacinas alimentam novas variantes da Covid?

De fato, os especialistas estão de volta as primeiras páginas dos jornais, ocupando os espaços na grande mídia para reiniciar o terrorismo, e se a potencial nova onda da China não for suficiente, então uma nova variante temível será necessária para reacender o medo nos cidadãos. A variante em questão é XBB. 1.5, isolada em outubro passado em Nova York e Connecticut.

Segundo o CDC, a maioria dos novos casos de Covid registrados principalmente nos estados do Norte são causados ​​por essa nova variante ( aqui ). Embora ainda seja muito cedo para determinar seus efeitos, os especialistas dizem que ela tem o potencial de causar mais doenças, mas as infecções podem não ser mais graves. De qualquer forma, é claro que a variante contorna facilmente a proteção mínima oferecida pelas vacinas atualmente em uso, incluindo a chamada “atualização” baseada na variante Omicron BA 5.

Citando uma série de artigos publicados na Nature ( aqui ), no New England Journal of Medicine ( aqui ) e em pesquisas realizadas pela Cleveland Clinic, o autora do artigo do WSJ, destaca a possível associação entre mais doses de vacina e maior risco de contrair o vírus.

Por exemplo, o estudo da Cleveland Clinic (em pré-print e ainda não revisado por pares), conduzido em um grupo de profissionais de saúde demonstrou, escreve o WSJ, que as vacinas bivalentes reduziram o risco de infecção em 30%, enquanto a variante BA 5 foi mais comum, mas os profissionais de saúde que receberam três ou mais doses tiveram 3-4 vezes mais chances de serem infectados do que aqueles que não foram vacinados, enquanto aqueles que receberam duas doses tiveram 2-6 vezes mais probabilidade. ( aqui )

Pode não ser coincidência, continua o artigo, que a variante XBB apareceu pela primeira vez no outono em Cingapura, que tem um dos níveis mais altos de vacinação do mundo, junto com a Bélgica e a Itália

Além disso, nas últimas semanas, a variante tornou-se dominante nos estados da América do Norte, que em comparação com os estados do Centro-Oeste e do Sul têm níveis muito altos de vacinação e doses de reforço. No entanto, o Journal escreve novamente, “os especialistas se recusam a admitir que as doses de reforços tiveram benefícios decrescentes e podem, em vez disso, ter tornado a população mais vulnerável a novas variantes como o XBB”.

Enquanto isso no Brasil, a velha mídia e o velho governo decidiram ir na contramão do mundo – o jornal o Globo, propôs instaurar uma busca aos não vacinados ( aqui ) ignorando todas as evidências científicas, censurando todos aqueles que questionam a segurança e eficácia da vacina, omitindo todas informações relevantes para o livre debate científico, colocando em risco a vida da população através da prática do regime nazista sem rodeios.

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

5 comentários em ““As vacinas estão alimentando novas variantes da Covid?” Esta é a pergunta do Wall Street Journal ”

  1. É molto triste eu que nunca tomei nenhuma dose e nem mesmo contrai o vírus me pergunto, como poderei viver em um mundo governado pelo sistema.

      1. Quem não tem qualidade para a guerra se escuda na esperança, mas quem não tem qualidade de guerra não tem chance em tempos de guerra e em tempo de guerra estamos.
        Portanto mude sua retórica, tenha qualidade para se mobilizar para a guerra.
        Não espere dos outros atitude, TENHA ATITUDE vc!
        Não torça pelos outros, faça por onde em vez de torcer, quem quer resolver não espera solução alheia, pois isso é pedir aos outros que limpe a própria bunda, quem quer, faz o que tem que fazer em vez de esperaroque os outros façam!
        É SELVA, É AÇO, e não pique nique em frente de quarteis!!
        Perfile-se como uma guerreira em frente aos QGs, e verá que resultado terá!

    1. Cara Ediane, só existe uma forma, combatendo de forma definitiva, e isso significa ficar plantada na frente dos quarteis!
      Não existe outra opção para um povo fraco (pelas profusão de focinheiras e vaticinadas fica explícita essa fragilidade)!
      Povo que aceita que viados invandam banheiro feminino, que permite vivos estupradores/pedófilos, que diz que buraco de fezes é órgão sexual, que permite que o estado sequestre o direito de defesa dele, que diz que a segurança dele é obrigação de polícias (sicários estatais), é povo lixo, e povo lixo tem como fim a extinção!
      Lembro que existe uma massiva demonização das FFAA pelas mérdias, pelos lixos paladinos pastores de estúpidos em frente dos quarteis e por todo degenerado político que quer manter o sistema pois é assim que nos parasita incólume!
      Basta que fiquemos plantados em frente aos quarteis, mas não é fazendo festinha, tietando, fazendo marchinhas e refrõezinhos cretino de forças armadas salvem o Brasil…
      Temos que ficar de cara feia, sem socializar, sem selfies, sem babaquices infantis, e se for usar refrão que seja, ESTAMOS PRONTOS PARA A GUERRA E QUEREMOS LIDERANÇA PARA QUE ATAQUEMOS E EXTERMINEMOS OS INIMIGOS APÁTRIDAS SEM PERDÃO!
      É esse4 tipo de refrão que militares gostam, lixos que pedem para militares limpar a imundas bundas deles por serem frouxos, só diz aos militares que esses tipos de aliados são bons MORTOS!
      Em frente aos quarteis está havendo é manifestação de LIXOS< pois só lixos gritam: "me salve super homem"
      Gente que presta diz: ME ENSINE A LUTAR POIS O INIMIGO QUERO MATAR!
      Se vc e todfos entenderem o que falo aqui, em menos de uma semana teremos ações militares!
      Mas lembro que pais lixos verão filhotes lixos morrerem, pois lixos foram ao gerarem seus arrebentados rebentos!
      E mais, nada de papo de cristão: "pena de morte não", "só deus pode tirar vida"… esse tipo de retóricas é pertinente ao lixo, pois lixo sempre tem culpa no cartório e tem medo da matança chegando a eles e aos deles!
      Tenhamos qualidade para sabermos nos portar diante de guerreiros!
      Digo isso pois tenho setup de guerra e se tem uma coisa que me dá vontade de matar é gente covarde, frouxa, irresponsável e medíocre!
      É GUERRA E EM GUERRA SE MATA TODOS OS INIMIGOS PARA NÃO MORRER OU SER ATACADO DEPOIS PELA ESCÓRIA QUE SOBROU!

  2. Caros, a agenda vai recrudecer e MUITO!
    A babaquice feita instilada e instigada por LIXOS psyops na esplanada dos ministérios foram geradas exatamente para deslegitimar e desmobilizar o povo na frente dos quarteis!
    Os que cairam naquela esparrela são pessoas de QI BAIXO, gente que assiste novela, que assiste programa dominical e não têm sequer um dicionário em casa!
    Se os leitores que aqui estão e ENTENDEM o que escrevo, entendem realmente os posts da Karina, que são ALERTAS GRITANTES DO QUE VEM AÍ, e não notícias cretinamente triviais que abundam em todas as imundas mérdias, há sim chance de revertermos a distopia satãnica que está armada!
    O verme bill gates e sua escumalha wef emplacaram mais uma vez uma “simulação” (assim a mula entra em ação) de plandemência recentemente, e disseram que essa vai ser mais forte, os vírus são anabolizados segundo esses lixos.
    Sabem que o lulixo vai cair e sabem que têm que agir rápido para emplacar os protocolos sequestrante de nações da OMS.
    Dessa forma está absolutamente programado um lockdown depois da catarse cafajeste chamada carnaval, após o carnaval, será lockdown geral e com muito mais virulência estatal que a anterior.
    TODOS, A PARTIR DO FIM DE FEVEREIRO SERÃO PRESOS EM SUAS RESIDÊNCIAS, COM RISCO INCLUSIVE DE INVASÃO RESIDENCIAL DO PODER ESTATAL!
    Isso não é suposição, isso é FATO, a inexorabilidade da agenda é CLARA!
    Portanto clamo a todos que se plantem em frente aos quarteis exigindo intervenção militar em todos os poderes, temos apenas uns 40 dias para fazermos as FFAA agirem!
    Ou fazemos isso agora, fechamos nossos comércios, nossos trabalhos, nossos labores até a intervenção militar, ou perderemos tudo para o comunismo globalista.
    No mundo inteiro os levantes estão vindo, e serão debelados pela violência dos sicários estatais com a legitimação da OMS e sua agenda plandêmica!
    Acordem povo, nossa situação é muito mais infernal do que a mais sádica distopia hollywoodiana, e só nós podemos reverter isso, mas TEM QUE SER AGORA!
    Com o lulixo, sádico e vingativo que é, vai haver ataques e enfiadas de agulhas forçadas, todos serão inoculados e deixarão de ser humanos, se tornarão golens animados para morrerem ao bel prazer das elites!
    Galera, é agora ou nunca!
    Estamos em guerra e só na frente dos quarteis teremos alguma chance, SE MOBILIZEM!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados