Pular para o conteúdo

15 tenistas totalmente vacinados não conseguiram terminar o Miami Open devido a problemas de saúde.

Karina Michelin

Karina Michelin

O mundo do tênis continua mostrando em rede nacional e internacional, atletas jovens e de alta performance abandonarem os campos de forma misteriosa. Desta vez  os dois tenistas favoritos do mundo: Paula Badosa e Jannik Sinner tiveram que se retirar das quartas de final do Miami Open, como reportou Yahoo ( aqui) sob o título: ‘O que está acontecendo’: Mundo do tênis atordoado após carnificina do Miami Open”

Paula Badosa, estava prestes a ser a número três do mundo, quando durante a  partida contra a americana Jessica Pegula , se sentiu  mal e não conseguiu concluir sua participação no torneio –  deixou a quadra em lágrimas.

No torneio masculino não foi diferente, o tenista  italiano Jannik Sinner também foi forçado a se retirar. Ele desistiu após 22 minutos de jogo contra Francisco Cerundolo, o número 103 do ranking mundial. 

Foi o segundo jogo consecutivo que terminou prematuramente, os fãs reagiram com incredulidade aos fatos  bizarros do tênis, em um único dia duas estrelas do tênis se retiraram por problemas de saúde.  “O que está acontecendo?”. 

Ninguém está apontando para o óbvio. Todos os jogadores devem ser “totalmente vacinados” para competir. Como estamos notando há vários meses, a maioria dos grandes esportes foram atingidos por condições médicas “inexplicáveis” aparecendo em atletas jovens e saudáveis – a lista continua a crescer em todos os segmentos esportistas, enquanto a grande mídia ignora e desmente estes fatos.

Nunca houve tanto “gaslighting” e propaganda voltada para encobrir a verdade do que essas injeções estão causando. Eles estão cancelando todas as publicações que trazem evidências e fatos. 

Hoje somente no tênis temos quinze atletas  de elite incapazes de completar um único torneio. Essas injeções são perigosas. Atletas de todo o mundo estão caindo em campo com a mão no peito. Pessoas comuns estão experimentando reações adversas horríveis. Dezenas, talvez centenas de milhares de pessoas estão morrendo por elas, os dados sobre este experimento são todos obscuros.

14 atletas na foto mais Paula Badosa = 15

Djokovick fez a escolha certa ( aqui ) , está pagando um alto preço por levar adiante suas decisões contra-corrente, mas ele está super bem de saúde sem o experimento, e é isso o que conta – obrigado! 

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

37 comentários em “15 tenistas totalmente vacinados não conseguiram terminar o Miami Open devido a problemas de saúde.”

    1. Com certeza não vou vacinar aqui em minha casa somente eu , minha esposa e filha não nos vacinamos! Todos parentes de minha esposa já estão envenenados! Meu filho mais velho tomou a segunda dose daquela que era para ser única! Deixou-se, podia ter dito não!

    2. Stella Maris Bastos

      Acompanhei este torneio e notei como os tenistas estavam demonstrando cansaço demasiado cedo nas partidas. O circuito está apenas começando….é de estranhar tantas desistências!!! Em tempo: aplaudi e apoio Djokovic! Tbm escolhi não fazer parte deste experimento!

  1. O termo saúde, no universo político saiu do controle humano e passou para o controle Divino. O mundo está influenciado pelos critérios da OMS, criando a ideologia do “negacionismo” contra os ensinamentos consolidados da ciência médica, em favor das novas drogas e experimentos de controle sócio econômico mundial. Anos antes da pandemia, A OMS mudou o critério que determinava quando deveria ser decretado uma pandemia no mundo. Antes, era pelo número de mortes e agora é pelo número de infectados, mesmo que não ocorra mortes – acredito até que por isso, os governos correram para inflar os números de contaminados, não somente pela realização de testes mas também por artifícios legais, como por exemplo o que aconteceu em São Paulo. Uma resolução foi definida a todos os hospitais, determinar todas os registros de entrada em hospital serem de possível contaminação – até baleados eram registrados assim. A grande imprensa não é imparcial, persegue quem expõe conflitos contra as grandes empresas de remédios que produzem vacinas de “imunização” do vírus – não há mais vergonha de mentir, sabemos que não imune. E agora, óbitos estão ocorrendo por causa dos experimentos e parece que vai continuar assim, mesmo expondo casos significativos como o publicado. Já é fato os problemas de coração. Mundialmente é o que mais mata no mundo hoje. Como a psicologia não é minha área de formação, foi bom conhecer o termo gaslighting. Principal morte pós vacina é a parada cardíaca, mas o motivo real não será divulgado no óbito para não haver perseguição do profissional. As mortes por doenças do coração voltou a ser divulgado como a que mais mata. O gaslighting usado para cobrir os problemas com os experimentos será a parada cardíaca provocada por qualquer outra coisa.

          1. Curiosamente, o campeão é a campeã estão totalmente vacinados.

            O problema maior é que não existe vacina contra a estupidez.

            E o que mais vi aqui foram comentários estapafúrdios de pessoas estúpidas.

            Antes ler esse tipo de imbecilidade que ser cego, né…

        1. Por renomados que vc vem sendo manipulado, não por um pequeno sussurro na escuridão. Não existe lado, certo ou errado, existe perguntas sem respostas, se pra vc está tudo bem, então não ouse falar de quem questiona, pois um sussurro pode surgir uma corrente pra aqueles que se perguntam “o que está acontecendo”…deixe de se dar ao trabalho de doar seu tempo pra algo que vc julga inútil, pois o que não é verdade a natureza cuida.

          1. Ronaldo Ferraz Bento Pereira

            A pandemia da vigarice da peste chinesa continua rendendo lucros estratosféricos para os espertos, e prejuízos irreparáveis aos mais incautos, principalmente a morte!

        2. Mais um imbecil enganado pela mídia, que é a favor da $ien$$ia!! Otário!! Avisa p/ tua família, que seu coração parar, colocar que a culpa foi da unha encravada!!

        3. O verme não se identifica, é apenas “tenista”, e entra defecando meia duzia de asneiras, está na cara que é um salafro agente da agenda plandêmica, só torço do fundo do coração que tenha tomado a vaticinada, pois aí estaremos em breve livres desse dejeto!
          Essa é sempre o modus operandi desses trastes!!!

    1. Há algo de podre nesse submundo das bigfarmas! Sempre comento com meus alunos sobre voltar a agir como criança, isto é, questionar as coisas do mundo à sua volta, os porquês são fundamentais e fazem parte da essência humana, ou pelo menos deveria ser!

      1. Perfeito! Não devemos jamais de questionar, em especial dogmas já estabelecidos. Afinal, se aceitarmos tudo como verdade única e absoluta, não sairemos jamais do lugar. Faço o mesmo com meus alunos: questionem, investiguem, busquem outros olhares, outras possibilidades….

  2. Não me vacinei. Confio na minha imunidade e não confio nessa vacina experimental. Ainda bem que meu trabalho permitia ficar sem vacina, mas muitos tiveram que se vacinar para não perderem seus empregos.

  3. Eu não tomei essa bomba mas não consegui entender de onde o site tirou a idéia de que esses atletas que abandonaram tinham alguma relação com a vacina se na lista dos que desistiram o motivo da maioria é alguma lesão articular?
    Ou eu não entendi mada dessa reportagem ou estão viajando.
    Mas que tem gente caindo dura ou tendo que oarar de fazer esporte por causa dessa droga tem sim, inclusive atletas que eu conheço.
    Mas pelo conteúdo dessa reportagem, essa questão ficou só na suposição.

    1. Já ouviu falar de estatísticas?
      Já ouviu falar em projeção de dados?
      Já ouviu falar em históricos?
      Vamos lá, se em todos os campeonatos anteriores isso não aconteceu, de onde vc tirou que a suposição não é válida?

    1. Estou nesta mesma base. Mas nao chamo de vacina esta oferta publica que nem os fabricantes garantem. A big pharma é vergonha desta civilização. Quem deveria curar esta matando

      1. Eduardo, creio que está enganado, quem deve nos curar somos nós, quando entregamos nossa saúde para lixos mérdicos, remérdios, farmáfias, devemos é empacotar mesmo, pois estúpidos só são bons mortosa e qualquer um que entende que sua saúde é importante para camabada que se beneficia exatamente da doença é completamente estúpido!
        Repense sua colocação!

    2. E sem falar na estupidez de citar o real motivo!!!
      Nossa sinto-me envergonhada pela pessoa que me enviou e eu mostrei a inocência das pessoas que não sabem inglês e que se impressiona pelo nome. Quando eu mostrei para pessoa que me enviou, ela me pediu desculpa.

  4. Uma coisa é certa,desde que fiz a segunda dose da Pfizer tenho estado doente. Sempre fui muito saudável. Agora são dores musculares intensas,ataque de pânico. Não tomei a terceira dose e nem vou tomar as próximas…

  5. Rindo muito com a falta de atenção de quem ler a matéria e não se atenta a ler a parte que está a causa em inglês. Machado no pé é consequência da vacina?

    Withdrawals
    C. Giorgi right wrist injury
    G. Muguruza left shoulder injury
    M. Vondrousova viral illness
    S. Halep left thigh injury
    S. Kenin right ankle injury
    A. Kalinskaya left arm injury
    K. Muchova left abdominal injury
    Retirements
    C. Garcia right foot injury
    M. Zanevska low back pain
    C. Tauson heat illness
    D. Galfi right thigh injury
    K. Siniakova abdominal injury
    V. Azarenka personal reasons
    A. Kalinina right thigh injury

    Traduzam e parem de espalhar fake News sensacionalista.

  6. Por favor pessoal, basta LER os motivos das desistências.
    Parem de falar merda sem um mínimo de análise!
    Braço, pé, perna, cotovelo, abdômen… etc..
    Que notícia BOSTA essa!

    1. ô néscio bruno, se em todos os torneios anteriores isso não aconteceru, as barrigas não tiveram piriri, os braços não doeram junto com aspernas, e abdomem não ficou travado, é mais do que óbvio que existe algo de podre no reino das vacinas.
      E agora, pedaço de asno entendeu o que é análise ou preciso desenhar para o dondoco grosseirão com dois neurônios?

      Já vacinou seu filhotinho?
      Ele também precisa, afinal de contas queremos um mundo melhor! 😀

  7. João Francisco Duarte

    O povo não pesquisa, não procura saber a verdade, não acredita nos amigos quando tentam abrir seus olhos, então aguenta as consequências, mas não envolve as crianças inocentes nesta carnificina. VACINA MATA NÃO CURA.

    1. Caro Francisco, vc está certo!
      Entretanto lembro que filho de peixe, peixinho é, e aí filho de lixo lixote é!
      E nessa toada vemos que a vacinar filhote de quem usa focinheira de forma compúlsiva, que entende que cabe ao estado a garantia da saúde ele, é até profilático, pois a probabilidade de tal projeto de lixo se tornar lixão é enorme.
      E aí, diria que vale deixar que a sincronicidade garanta essa questão, os que prestam conseguiram e conseguirão fazer com que eventos extemporâneos os tirem na agenda vaticinante!
      Eu me beneficiei desses eventos extemporâneos! Vale ler sobre sincronicidade, é muito interessante como o “destino” acaba criando brachas na estupidez sistêmica permitindo que haja cambalhotas do destinos que mudam a sina vaticinada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *