Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

ITÁLIA: Giorgia Meloni venceu – é a única que tem o mérito para festejar essa vitória

Karina Michelin

Karina Michelin

Giorgia Meloni, 45 anos, presidente do Partido Conservador nacionalista italiano e também presidente do partido Fratelli d’Italia entrou para a  história, como a primeira mulher a assumir um dos cargos mais importantes da política italiana, sob o silêncio e a incoerência das feministas de plantão – enquanto a grande mídia busca todos os meios para desqualificar e minar sua reputação. 

O partido Fratelli d’Italia é a primeira força política nesta rodada eleitoral, ultrapassou 25%. A coalizão unida de centro-direita (Forza Italia, Lega e FDI) ultrapassou os 40% com mais de 10 pontos da coalizão de centro-esquerda, ficando abaixo dos 30%. O resultado das eleições realizadas ontem, também viram a afluência negativa 63,9%, a mais baixa da história da República. 

Giorgia terá uma árdua tarefa pela frente: governar o país em um momento muito difícil de sua história, no meio de uma guerra às portas de casa, com a ameaça nuclear iminente, o drama da inflação junto a crise energética, a interferência de Joe Biden, a ameaça de Ursula Von Der Leyen da União Europeia e a pressão de todos aqueles que a votaram como voto de protesto contra todo o sistema e suas leis liberticidas.

Giorgia Meloni após sua vitória vêm sendo duramente criticada por toda grande mídia é vista como uma ameaça fascista a “democracia” – a democracia que beneficia somente alguns patrões do sistema. Como podemos ver são outros poderes que ameaçam o que resta da democracia italiana. Perante as eleições italiana, a presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen, intimidou a vitória do partido de centro-direita.( aqui )

Meloni é conhecida no meio politico por ser uma pessoa extremamente determinada e preparada para assumir o cargo de primeiro Ministro Italiano, podemos entender que os pontos que ela defende, são contrastantes àqueles que os globalistas tentam implantar a qualquer custo em nossa sociedade- e é justamente por isso que ela é considerada uma ameaça à eles e não a verdadeira democracia. 

Depois do Reino Unido nomear Liz Truss ao cargo de primeira ministra da Inglaterra, a Suécia também elegeu um governo de direita no último dia 15 de setembro, 10 dias depois chegou a vez da Itália nomear Giorgia Meloni- e daqui 7 dias será a vez do Brasil – quando todos os olhos estarão apontados também para as eleições de midterm americana em novembro.

Estamos em um processo de “desglobalização”, os objetivos do deep state estão sendo ameaçados por esses líderes. Uma nova ERA está para ser iniciada, e para construi-la necessita tempo, paciência, resiliência, força, coragem e pessoas de bem com seus valores aplicados na moral e na ética.

Que Deus abençoe a Itália e sua mais nova futura governante – que ela seja fiel aos seus princípios e ideais, e que seja digna da confiança que lhes foi depositada. 

Vigiem .

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

9 comentários em “ITÁLIA: Giorgia Meloni venceu – é a única que tem o mérito para festejar essa vitória”

  1. Ursula Von Der Leyen é a maior ameaça à democracia e à diversidade (das culturas, dos valores, de tudo). Ela, sim, é a verdadeira fascista ou neofascista.

    Parabéns à Itália!

  2. Tomara que no Brasil não consigam roubar as eleições como feito nos EUA e que nosso querido pais se torne uma resistência a essa agenda globalista. Parabéns a Itália por eleger alguém do lado do bem

  3. Viva a nova Itália . Viva Giorgia Meloni, Salvini e Berlusconi e tanta voglia di combattere, perche i comunistelli d’Europa intendano non perdere il loro privilegio.

  4. Cara Karina, fiquei esperando sua manifestação a respeito dessa vitória, até acachapante, levando em conta a mérdia e sua sanha desvirtuadora!
    Precisava da opinião de alguém daí, que vive aí, ISENTO e que entende as nuances romanas! Até porque dessa senhora só sabia o que os merdiáticos vomitam!

    O curioso fica por conta de mérdias defecando que isso é uma ataque a democracia, parece os lixos trogados brazucas dizendo que manifestação popular é antidemocrático, mas lixo manifesto em degeneração é diversidade de opinião!
    Será excesso de otimismo crer em uma nova era nascendo quando ainda temos que ENTERRAR tanta imundície degenerada?
    O bacana de tudo isso é que se criou uma espécie experimento do gato de schrodinger, está morto e vivo dependendo de até “desejos” enquanto a caixa de pandora não abre e mostra um gato morto ou um gato louco voando em nossa cara cheio de unhas! Ambas possibilidades são entendidas concomitantes enquanto fechada está a caixa!
    Ainda não sabemos qual vertente “democrática” irá vencer, mas sabemos que uma significará que seremos gatos comendo veneno e a outra significa que como gatos vivos voaremos na fuça dos experimentadores e os cegaremos e com empenho também conseguiremos rasgar a jugular e a carótida desses lixos!
    E dentro dessa ótica vejo algo salutar na proposta otimista!
    É por aí, parece que há um acordar mundial dentro do i-mundo!
    Mas lembro sempre, os crimes praticados por esses lumpens paridos em lupanares EXIGEM PENA CAPITAL!
    Papo de perdoar, relativizar, enjaular, punir não funciona, sofremos ataque militar de extermínio da humanidade, o troco tem que ser o extermínio desses arquitetos!

  5. “‘Acredito que a existência de Israel é vital e farei todos os esforços para investir em uma maior cooperação entre nossos países'”
    “A guerra contra a Ucrânia não é apenas uma violação flagrante do direito internacional, uma agressão contra a integridade territorial de uma nação soberana e uma manifestação do expansionismo russo, mas uma tentativa de subverter a ordem mundial atual em detrimento do Ocidente e para o benefício da China comunista. Um cenário que a Europa deve rejeitar veementemente. Uma possível expansão da guerra a outras nações da Europa de Leste é uma eventualidade denunciada pelos nossos amigos polacos, que infelizmente não devemos subestimar. Por isso, não devemos deixar de apoiar a Ucrânia Olha, digo isso com firmeza, mas com o mesmo pesar, mesmo conhecendo os laços especiais que historicamente unem Israel e Rússia. Em 2002, a própria Itália sediou uma cúpula OTAN-Rússia para construir um Ocidente ampliado e enfrentar juntos a ameaça trazida pelo terrorismo.Vinte anos se passaram, essa perspectiva estagnou e Putin infelizmente cruzou uma linha vermelha.”
    https://archive.ph/C0Q4b#selection-1873.0-1873.959

  6. Li que a Giorgia Meloni é membro do Aspen institute que foi fundado pela rockfeller fundation and bill e melinda gates entre outros!!!
    Até envolvimento em davos e seu famigerado forum!
    Se for verdade…
    PQP!, Tá tudo dominado!!!!

  7. Galera, achei mais material da dona e não é algo promissor embora seja mais do mesmo!
    “Esta é a nova primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni.

    — Giorgia Meloni é membro do Aspen Institute, que é financiado pela Rockefeller Foundation e pela Fundação Bill e Melinda Gates, entre outras, e também participa ativamente do fórum em Davos, onde a WEF realiza sua reunião anual. Então, de qualquer forma que você olhe, com Meloni (que, aliás, é totalmente promovida na Itália pela mídia de massa), o ‘Grande Reset’ continuará, mesmo que ela finja que não. Veja o histórico de votação dela. Para passe verde, para vacinação por exemplo. Infelizmente, o povo italiano não acordou.

    Mais do mesmo…”

    Esse material peguei em telegram, parece que são notícias reais, vale escrutínio das votações que ela fez.
    Aliás, o mesmo deve ser feito aqui, leiam as propostas desses políticos e seus votos, para sabermos que a maioria que está aí é o cão chupando manga!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados