Pular para o conteúdo

Europa volta a queimar carvão e o pacto ecológico europeu se torna uma utopia progressista

Karina Michelin

Karina Michelin

A guerra entre a Rússia e a Ucrânia está servindo para os países europeus, juntamente com os Estados Unidos -como um momento de transição oportuno para resetar o cenário mundial, político econômico e social. Mas será que os planos estão andando como previsto? 

Em abril de 2021 o Parlamento europeu aprovou definitivamente a lei climática, que foi acordada informalmente com os Estados-membros ( aqui ). Foram 442 votos a favor, 203 contra e 51 abstenções. A descarbonização total até 2050 tornou-se uma obrigação para todos os países da UE, mas com a chegada da guerra entre a Rússia e a Ucrânia a agenda progressista viu-se obrigada a mudar os planos para atingir seus objetivos – tudo em nome da ideologia partidária. 

Segundo os jornais sensacionalistas do mainstream, “a principal razão para a crise energética é o conflito na Ucrânia” ( aqui ). Em primeiro lugar, a Itália vive uma crise energética há trinta anos, uma crise que se acentua a cada ano devido as  escolhas perversas dos governos incapazes de aplicar uma gestão coerente e lúcida. Portanto seria correto afirmar  que a guerra na Ucrânia contribuiu para agravar essa crise – que é crônica – devido as escolhas feitas pelos governos para tentar “impedi-la” ou melhor alimentá-la para um bem maior. 

O gás é a principal arma de chantagem nesta guerra mundial econômica, com as sanções aplicadas à Rússia os países da União Europeia se viram presos as próprias decisões. A Itália, Alemanha, Holanda e Áustria reabriram suas usinas de carvão para lidar com as ameaças do Kremlin sobre o gás. ( aqui )

No início da guerra na Ucrânia, a Itália deu o primeiro passo, reiniciando suas usinas a carvão. Como resultado, o primeiro trimestre de 2022 registrou um salto de 25% na produção dessas usinas, impulsionando um crescimento de 8% nas emissões de CO2. Um exemplo que será seguido por outros países europeus: primeiro a Alemanha, depois a Áustria e os Países Baixos anunciaram que irão relançar a produção de eletricidade a partir do carvão – adeus agenda Green, adeus Greta Thunberg, adeus descarbonização. 

A transição ecológica nestes países é muito lenta, além de enfrentar inúmeras burocracias ao ponto de ser tornar inviável. Na Itália a contribuição da produção solar para a eletricidade é de 8,64%, na União Europeia é menos de 6% e nos Estados Unidos não ultrapassa os 4%. Reduzir o consumo de gás natural, tentar comprar mais gás natural liquefeito (GNL) do mercado e, precisamente, voltar a queimar o máximo de carvão possível é a real agenda dos progressistas. O termo “crise energética” surgiu precisamente como uma posição ideológica, ou seja, os mesmos líderes e partidos políticos que seguiram teimosamente uma tática falida ( por razões técnicas) de fornecimento de energia por décadas, hoje são aqueles que culpam o mundo pelo desastre ecológico.

O paradoxo desta situação é que, para combater a redução do gás de Moscou, a União Europeia terá de acumular carvão que vem da própria Rússia: em março, em meio à guerra, os países europeus compraram 7,1 milhões de toneladas de carvão do exterior ( aqui ), das quais quase a metade – 3,5 milhões vieram das mineiras russas. Um aumento de 40% em relação a março de 2021. De acordo com o Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo (Crea), nos primeiros 100 dias do conflito na Ucrânia, os países da União Europeia  gastaram 1,6 bilhões de euros para obter energia fóssil de Moscou, três vezes mais do que a China. Os maiores compradores foram, os Países Baixos, a Alemanha, a Polônia e a Itália. ( aqui )

A consequência dessa perspectiva de “escassez” é o aumento exorbitante dos preços do gás e o aumento acelerado da inflação. A União Europeia, vassala dos Estados Unidos ameaçaram e provocaram a Rússia enchendo a Ucrânia de armas e instituindo sanções auto-destrutivas – difícil dizer quem é mais perigoso neste jogo geopolitico. Que gênios!

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

19 comentários em “Europa volta a queimar carvão e o pacto ecológico europeu se torna uma utopia progressista”

    1. Isso deveria fazer repensar, até que ponto, o interesse em preservar a Floresta brasileira é legítimo. Os países sempre tomam medidas estratégicas, visando seus próprios benefícios. Basta qualquer anomalia as “prioridades” são imediatamente esquecidas. Vimos isso com os “orgânicos” na crise de 2.008 que foram esquecidos de uma hora para outra e agora com as emissões de CO2.
      Convém cuidarmos do que é nosso.

      1. Elion França dos santos

        bravo veja cousa de anos atra Google Amazon Coca-Cola Facebook Twitter City bank Yahoo YouTube Chevron Chevrolet com imposto deles caso ai nos consumidores ter esquadrias dirigíveis pulverizar Portugal Grécia Austrália (florida )Amazônia já tem satélite usei pega um incendiaram ilha grega pro prefeito lá era 1 milhões de dólares né não vemos artistas né só menina Creta né paz força

  1. Elion França dos santos

    Tem crédito co2 faz calculo aí manda pra min vamos não produzir aqui nas cooperativa empresas estão com nos uma mão lava outra

    1. O Brasil está caloteado no crédito de carbono em 2,5 bi de dolares desde 2005, e os lixos gringo ecosalafros não querme pagar!
      A questão central é garantir a terra brasilis como quintal dos lixos aristocrotos!

  2. Derrubaram suas florestas quando acharam conveniente. Quando acharam conveniente, quizeram usurpar a amazônia, agora, acham coveniente queimar carvão…

  3. Caros, o assunto em voga, a questão dos combustíveis nunca foi determinada por questões de escasses, mas sim pautado como SEQUESTRO!
    Qualquer motor a explosão funciona com ÁGUA!
    E isso é fácil de provar.
    EM uma explosão em uma camara de explosão de um motor consome o equivalente a uma gota daquelas mínimas que só líquidos muito finos e voláteis conseguem como ponto de gota, até uma gota equivalente a de um pinga gotas, ou seja, é absoluamente irrisória a quantidade de água usada para uma explosão.
    A tensão despejada nas velas para a centelha em um motor a explosão facilmente supera a tensão necessária para a dissociação de uma gota em oxigênio e hidrogênio.
    Sim, a dissociação do oxig~enio e o hidrog~enio se dá com eletrólise, método lento e com alguns perigos envolvidos, exigindo uma vedação perfeita. A temperatura insana, claro que é o mais dispendioso método de dissociação da água, e a alta tensão, que é sem dúvida o mais eficiente e por isso mesmo é escondido do público!
    Uma bobina de automóvel é suficiente para gerar essa alta tensão, mas evidentemente existem outras formas, mas nos atenhamos nas peças de um carro.
    Precisamos apenas de um recipiente bem pequeno com um campo induizido, de um lado uma ima com polaridade contrária ao outro lado com também um ima, e no meio se joga a gota e a alta tensão, a alta tens~çao vai dissociar a gota e o H vai para (+) e o O vai para (-), e aí é só jkuntar dentro da camara de combustão é comprimir, será uma explosão limpa que vai ter como sobra apenas ÁGUA!
    Mas não me perderei nessa proposta, muitos já o fizeram e foram assassinados e suicidados por conta disso.
    O motor a diesel, que não usa fagulha, apenas a compressão, funciona COM QUALQUER TIPO DE ÓLEO!
    O único requisito fuindamental é a textura do óleo, ele tem que estar fino o suficiente para ser pulverizado, assim para se usar óleo de cozinha é necessário fazer um sistema de aquecimento desse óleo para ele ficar mais fino e ser facilmente pulverizado.
    Mas o mais interessante é o motor stirling, uma máquina térmica com mais alta eficiência.
    O motor consiste em dois cilindros conectados entre si, ambos acoplados por suas bielas a um virabrequin.
    A forma de funcionamento é simples, um dos cilindros tem aletas para COLETAR CALOR, e o outro tem aletas para DOAR CALOR.
    No meio dessa troca a dilatação do ar aquecido faz o pistão de aquecimento ser empurrado pela expansão, e aí, abre a valvula de comunição com o cilindro de dissipação, o ar foge pela válvula no mesmo ritmo que o pistão começa seu movimento de compressão, esse ar migra para o ciclindro de dissipação e ali entrega o calor e perde volume, gerando um vácuo de puxada do pistão que estava aberto pois o movimento desse é em comntraponto ao da compressão/aquecimento.
    Com isso, esse ar selado dentro das camaras fria e quente se altyerna dilatando e contraindo.
    Ou seja, é um motor que usa do calor, parte do calor vira movimento e o resto é doado de volta nas aletas dissipadoras.
    Esse motor pode ser acionado por luz solar em espelho comvéxo, por serpentina de fontes geotermais, por água quente do radiador de um motor a explosão, por lenha, óleo, TUDO o que gera calor faz funcionar o stirling.
    Mas assim como os bandidos seguraram o motor diesel depois de suicidarem Rudolf Diesel, esse motor foi deletado de cena, e combatido desde sempre, pois com ele caba a agenda de aquecimento global, de falta de combustível, etc.
    Outro detalhe, o petróleo é abiótico, não tem nada a ver com fosseis, e para isso basta pensar: seria possível que todos os animais migrassem para locais pontuais para todos se decomporem ali?
    Claro que não!
    O petróleo é gerado por uma reação geotérmica induzida por cargas elétricas dissociadoras dos elementos primários, algo muito semelhante ao experimento de Oparin para mostrar que a vida surge de moléculas da atmosfera original e faisca de trovões, ele usou gáses como amônia (a amônia fez o primeiro plástico, ela é boa nesse assunto) e metano, ambos sob faiscas em ambiente controlado geraram aminoáciods, açucares, e aí o Oparin mostrou que fazer vida era relativamente fácil.
    E finalizo com um moto contínuo, o vulgo motoperpétuo!
    O rotor Perendev é um envoltório cilídrico cheio de imas angulados a garantir o gap de não zerar as forças do ima (imãs no somatório sempre tem energia = 0, pois ambos os polos tem igual potencia só que inversas), e dentro um cilindro cheio de imas em polaridades idênticas às do envoltório cilídrico.
    Daí, como os imãs se rejeitam só sobra ao cilindro central acoplado a um eixo girar com seus imas “fugindo” dos imas no envolt´rio.
    A única ci~encia nesse prosáico motor é a angulação dos imas para garantirem o desequilíbrio entre escudo e cilindro inerno, daí, a soma nos lados dos imãs não sendo zero garante o movimento sem parar até que os imas se esgotem, o que pode acontecer em alguns anos, até milhares ou milhões de anos!
    Observo que se forem fazer um perendev, escolham imãs de neódimio pequenos, pois co0mo conhecedor do assunto, osso afirmar que essas pragas arrancam tampos de dedo com tanta facilidade que garante uns mil put… qu.. pariu de dor enquanto dão suas mordidas em pontas de dedos desavizados.
    Ima de neódimio NÃO É BRINQUEDO, E PODE MATAR, ALEIJAR, CEGAR!
    Portanto sugiro que façam um rotor perendev pequeno, até para entender a mecânica irritada desses imãs.
    Imas de neódimio se submetidos a calor relativo, uns 100 graus, perde magnetismo na hora, aí se for submeter a temperatura altas sugiro os de samário, ou de alnico, os de ferrite garantem pouca potencia.
    É isso, se todos estudarem, em vez de perderem tempo com cafajestices como ir ao happy our, ou assistir 22 idiotas correndo atrás de bola, ou até algo mais imundo na TV, o i-mundo morre, mas se todos continuarem com suas condutas que nos levaram a essa fossa distópica em que estamos enfiados aí, o melhor é dar a benção para o klaus schwab!
    TUDO O QUE É DIVULGADO A RESPEITO DE ENERGIAS E SUAS FONTES É MENTIRA!
    Sugiro que estudem sobre o carro elétrico feito pela GM na década de oitenta e como seus donos queriam continuar com eles e foi usada até a força para tomar esses carros do povo.
    Aí, conhecendo essa história quero ver alguém dizer que carros híbridos, tesla e outras imbecilidades prestam!
    Estudem povo, a coisa está sinistra não é porque os inimigos são phodões, mas porque somos lixos sem vergonha!!!

    1. Bravo!
      palavras chaves para pesquisa:
      energias alternativas; eletrólise da água; motor a diesel; reuso do óleo; viscosidade de óleos; motor stirling; reação geotérmica; rearranjo de imãs em motores; tipos de imãs; periculosidade imãs rotor Perendev; carro elétrico.

      As pessoas foram adestradas e doutrinadas academicamente. Nas próprias universidades vemos a compartimentalização de tudo. pesquisadores que mais competem que colaboram. Olhem nas bibliotecas de teses e dissertações e pasmem com um turbilhão de estudos e pesquisas com inúmeras opções de se gerar energia mofando nas estantes. E eles só tem algo a dizer: “falta o patrocínio”. E quem se interessa em beneficiar a massa populacional de fato? sempre foi assim e assim será!
      Temos muitas pessoas incríveis e talentosas mas, adestradas para olharem apenas sob um certo ângulo, apenas de uma perspectiva obediente e apática. É um sistema totalmente limitador e que só favorece aos mega empresários mundiais. Ou é do jeito deles ou vaza!
      Até nossos próprios resíduos geram energia, fala das toneladas de resíduos urbanos gerados todos os dias pelo mundo e nas grandes cidades principalmente. Lí um dia desses um artigo que relatava o seguinte: “PANORAMA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS BRASIL: GERAÇÃO DE RESÍDUOS CHEGA A 82,5 MILHÕES TON/ANO NO BRASIL E AUMENTA 4% COM BRASILEIRO EM CASA DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19”. Leiam essa matéria está bem interessante. Basta por no tio gúgol.
      Ou seja, eles criam uma pamdemia que ocasiona um aumento de lixo no planeta e querem salvar o planeta com papo de agenda ecológica. E a totalidade desses resíduos poderiam estar, se houvesse uma devida logística reversa pela população e indústrias, gerando uma puta energia pra consumo populacional. Vemos ai que há um sub aproveitamento de insumos energéticos e um discurso babaca em torno de geração de energia.

      1. Elion França dos santos

        1a ver grupo quer novo mundo com 10 dólares investir no motor magnético sem uso de eletricidade só por material com os polos resto mecânica faz foi eu falei em 2006 era segredo no iram tá libera agora xeque vim só até 10 bilhões por grupo meus 10%

    1. Na questão de energia eletromagnética, ele simplesmente é o idealizador de base de quase todos os equipamentos eletroeletrônicos!
      A corrente alternada é uma sacação dele, o motor elétrico, que caso tenha imãs permanentes é também gerador.
      Aliás, isso é importante da macacada entender, todo motor com imã permanente é também gerador, só é preciso inverter a posição de aplicação de força, no motor sé ussa a energia el[étrica que gira o eixo do motor, e se aplicado torque no eixo, ele gera energia que irá “sair” pelo fio de entrada de energia!
      O sistema de funcionamento é simples, um eixo com imas ao redor podendo ter os polos alternando ou só para um lado, na carcaça fica enrolamentos de cobre (induzidos ou eletroima) em volta de um núcleo ferroso> No que gira o eixo ele induz eletromagnetismo nos induzidos da carcaça, e se for como motor, os induzidos são energizados e de forma comutante garantindo o giro dos imas no eixo.
      E uma das invenções mais interessantes do Tesla que conseguimos acessar é o aparelho de ressonancia que Tesla fez junto com Georges Lakhovsky, tal aparelho que funciona nas harmônmicas vibracionais do corpo humano cura tudo.
      Vale pesquizar, vai ver que mesmo o Lakhovsky sendo descendente judeu, foi atacado sem dó, e nunca mais foi encontrado, com direito a atentado, e o mesmo aconteceu com o Tesla, que teve mais sorte e escapou vivo!

      1. Interessantíssimo.
        E ja praticamente todo o material do Tesla e colaboradores publicados na internet. Muitos curiosos ja se beneficiam dessa forma de geração de energia. Em Brasília há um centro de estudos e experimento só no campo da energia livre. Muitas outras formas de geração pelo mundo todo. Mas, a quem benefecia, a quem interessa investir?
        E a galera fica nesse moído de energia pra cá energia ora lá só oq não tem conhecimento.
        Tb tá escrito: o meu povo padece por falta de conhecimento. Que paradoxo!

    2. Bravo Carlos.
      Bem lembrado!
      Se temos estudos a pencas de como gerar energias alternativas, qual o problema energético?
      Eles matam os inovadores, os inventores, os que com “suas ideias e invenções” podem fazer ruir os planos globalistas, sinárquicos. Não haveriam problemas energéticos se não fossem criados pra gerar mais capital e fortalecer certos grupos.

  4. Faço alguns adendos e perguntas para a questão ecológica.
    Se o problema do mundo é um alegado aquecimento global e pior, antropogênico, por que maldita razão o motor alavancado como o menos poluente não é o motor stirling, que simplesmente COME CALOR para rpoduzir movimento?
    Se um rotor perendev funciona sem parar por que maldita razão não usam esse modelo de motor para gerar energia?
    Se o real problema é energético por que maldita razão bicicletas ergométricas, esteiras e outros aparelhos de exercício não vem já de fábrica com geradores acoplados?
    Já imaginaram o kit: “compre um note book é ganhe uma ergométrica que gera exatamente a mesma energia que seu note book funciona!”
    Outra boa propaganda: “tenha seu ar condicionado stirling, conforme aquece o clima o motor stirling funciona e faz o ar condicionado funcionar sem nenhum gasto de energia que não o fornecido pelo calorão do verão!”
    Está na cara que o problema nunca foi energético, mas sim de SEQUESTRO DA ENERGIA E DOS MEIOS PRODUTIVOS, DE FORMA A DESTRUIR A AUTARQUIA QUE NÃO PODE SER ESCRAVISADA!
    A todos os leitores sugiro que procurem estudar sobre motores no geral, leiam sobre o perendev e se tiverem meios façam-no! Leiam sobre motor stirling e verão que esse motor funciona exatamente com o que todos os ecoSsalafros querem impor, aquecimento global, O STIRLING É O MOTOR QUE COME CALOR!
    Existem dezenas de videos ensinando a fazerem espelhos convexos, encontrar o ponto focal etc. ou seja, é fácil coletar calor, inclusive para fazer fogão, forno, acendedor, etc.
    UM espelho convexo com o cilindro aquecedor do stirling no ponto focal é garantia de carregamento de baterias para a noite.
    Adaptar mini turbinas coletoras de vento em automóveis gera eletricidada, e a inercia insana do automóvel permite quase zero perdas em termos de aerodinâmica.
    Tem gente que fez carro elétrico acoplando uma roda de bicicleta com um gerador no próprio carro para reabastecer de eletricidade enquanto anda, e podem apostar as leis de conservação de energia são FALSAS.
    Adaptar turbina hidráulica e até pneumática em tubulões de águas de edifícios garante energia inclusive da mesma forma que a maior quantidade de energia no Brasil é gerada! Tentem imaginar o tamanho de força que gera uma coluna de água caindo vinte metros? E isso nas tubulações sõ gera stress tanto é que onde os tubulões e tubulações fadigam antes é sempre em andares baixos, pela pressão da água, pelos martelos pneumáticos gerados em sistemas de válvulas, etc.
    Se coletava todo o movimento da água em queda em forma de eletricidade!
    TUDO em um automóvel, ou similar gera energia, basta pegar cada movimento de tudo, amortecedores, balanços, tudo, e colocar sistemas de coleta, podem ser até piezoelétricos.
    Só de inventos sobre coletas de energia elétrica devo ter uns 200!
    A coisa mais facil que existe é gerar eletricidade, muitos aparelhos nas casas de todos podem ser usados como geradores, todos os mini motores em um computador têm imãs permanentes, logo TODOS SÃO GERADORES!
    E mais, se as pessoas tiverem ferramentas e habilidades, podem simplesmente transformar todos os motores em geradores, além de economizarem brutal em relação a motores só com eletrimas, ainda viram geradores.
    O tal motor bedini nada mais é do que isso, um motor convencional elétrico, que em vez de gerar duas vezes energia, uma para o rotor central de eletroimas, e outra vez para o escudo em volta do rotor também cheio de eletroimas.
    No motor bendidi isso é reduzido, pois no rotor ficam imas permanentes.
    E a vantagem disso é enorme, pois em corrente alternada a corrente vem e vai sem parar (por convenção no Brasil esse vem a vai da corrente é de 60hz ou seja, sessenta vezes por segundo, mas na realidade, a corrente só vai, ela se interrompe e não volta, embora gere um efeito rebote como se tivesse voltando), e nesse movimento da corrente se garante um movimento de empurrar, e quando a corrente vem (é nula) o rotor gera.
    Outro detalhe, a eletricidade parasita, reativa é quem realmente gera gasto, e bancadas de capacitores minimizam e muito essa questão, alem de termos sistemas de coleta e armazenagem diferentes para esse fim.
    Povão, vamos estudar, se as pessoas entenderem a real de todas as questões dogmáticas de ciências entenderão que NUNCA se deve confiar fielmente em catedráticos, pois eles aprendem para não raciocinar, apenas acreditar!
    90% de tudo em ciência é mentira, é dogma, é religiosidade, a maldita desgraça que chamo RELIGIÊNCIA!
    Motores a hidrog~enio são fáceis de adaptar em um veicúlo qualquer seja, gasol ou diesel!
    Só é preciso dissociar UMA GOTA de água por vez para ter a explosão garantida na camara de combustão!
    E uma gota é dissociada facilmente apenas com a fagulha de uma vela de ignição! Ou seja, o uso de um carro a gasolina não muda!! O que muda é que a vela sai de dentro do cilindro e vai para uma mini câmara de aço de forma a dissociar a gota e essa dissociada em O e H é injetada rapidamente no cilindro, O tempo de compressão deverá ser ajustado, parta não haver pré ignição, só isso!
    O mais notável é que basta ler livros de segundo grau para entenderem o que afirmo.
    Estuda povo, estamos em guerra e o povo não se prepara…

  5. Brazuca feio e pobre

    Um fogao/forno solar é relativamente fácil de se fazer. Fogao a lenha improvisado então qualquer um pode fazer, afinal dizem que um homem que não tem capacidade de improvisar não serve pra nada. Enfim apertar um botão e ligar um fogão é o que os preguiçosos preferem…

  6. E macron anunciou que vai mandar o exército para a amazônia e a onu está “decidndo” como vai agir nas terras brazucas!!
    E o povo estúpido continua achando que não estamos em guerra e não tem que ter pena capital para todos os globalistas, epidemistas, vacinistas, lockdownzistas, curroptos, etc.!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *