Pular para o conteúdo

Dr. Robert Malone criador da técnica mRNA: “Aqui estão todas as razões científicas pelas quais não é bom vacinar crianças”

Karina Michelin

Karina Michelin

Dr. Robert Malone : virologista, imunologista, especialista em vacinas e um dos inventores da tecnologia mRna, passou mais de 30 anos de sua vida trabalhando no desenvolvimento de vacinas de forma ética e segura. Ele esteve envolvido no desenvolvimento de tecnologias fundamentais para vacinas, inclusive na tecnologia que deu origem a essas vacinas de mRNA.

Através de um video que não demorou muito para viralizar em todo o mundo e virar alvo dos “fact-checkers” Dr. Robert Malone falou sobre os riscos associados a vacinação em crianças e adolescentes saudáveis.

Dr. Malone teve sua biografia alterada pelos próprios fact checkers. Uma das partes mais feias e abusivas do complexo de propaganda ( grande mídia) é quando eles param de se importar com fatos para defender narrativas, e é aí que emerge o verdadeiro perigo para a sociedade. 

Os vassalos do sistema, que se auto proclamaram “fact-checkers” não são profissionais e sim escravos pagos pelo sistema para ludibriar pessoas. Eles escondem suas reais intenções por trás do nobre propósito de desmascarar as farsas nocivas que circulam na web, mas na verdade eles escondem o fato de estar a serviço do pensamento único para desacreditar tudo o que vai além da narrativa imposta pelo poder.

Eles simplesmente mentem. Eles inventam ficções e as transmitem descaradamente na esperança de que você é muito estúpido ou preguiçoso para verificar o que eles estão afirmando. Eles procuram atacar médicos, pesquisadores, cientistas renomados e qualquer pessoa que vá contra o pensamento único impostos pelos talibãs da mentira. 

Para fazer isso, eles são forçados na maior parte do tempo a inventar farsas para tentar refutar aqueles que  farsas não são - Dr. Robert Malone é um deles.  

A mensagem do Dr. Robert Malone é clara, ele não tem nenhum motivo ou interesses econômicos para trazer essas informações à sociedade, e sim somente a sua experiência e consciência. Todos sabemos que a verdadeira ciência é baseada no tempo, na ética e na transparência de dados e opiniões, tudo o que não vem acontecendo durante esta pandemia. 

Dr. Malone:

“Antes que você vacine seu filho, uma decisão irreversível – quero que você saiba os fatos científicos sobre esta vacina genética, que é baseada na tecnologia mRNA que eu criei.

Há três problemas que os pais precisam entender: 

O primeiro é que, um gene viral será injetado nas células de seus filhos. Este gene força o corpo do seu filho a produzir proteínas Spike tóxicas. Essas proteínas frequentemente causam danos críticos permanentes nos órgãos das crianças, incluindo: cérebro e sistema nervoso.

° Coração e vasos sanguíneos, incluindo coágulos sanguíneos.

° Sistema reprodutivo

° Essa vacina pode desencadear mudanças fundamentais em seu sistema imunológico.

° Você não pode reparar lesões em seus cérebros

° Você não pode reparar cicatrizes de tecido cardíaco

° Você não pode reparar um sistema imunológico geneticamente modificado – e estas vacinas podem causar danos reprodutivos que podem afetar as gerações futuras de sua família.

A segunda coisa que você precisa saber é o fato de que esta nova tecnologia não foi devidamente testada.

  • Precisamos de pelo menos 5 anos de testes/pesquisas antes que possamos realmente entender os riscos.
  • Os malefícios e riscos de novas drogas são  revelados anos depois.

Pergunte a si mesmo se você quer que seu filho faça parte do experimento médico mais radical da história humana.

Um último ponto: a razão pela qual eles estão dizendo para vacinar seu filho,  é uma mentira.

Seus filhos não representam um perigo para seus pais ou avós. Na verdade, é o contrário.  A imunidade deles, depois de contrair COVID, é fundamental para salvar sua família, se não o mundo, desta doença. 

Resumindo: Não há benefício para seus filhos ou para a sua família em vacinar seus filhos contra os pequenos riscos do vírus, dado os riscos conhecidos à saúde da vacina que, como pai, você e seus filhos podem ter que conviver pelo resto de suas vidas.

A análise de risco/beneficio não está nem perto. Como pai e avô, meu conselho é resistir e lutar para proteger seus filhos.”

A livre informação, transparente, acessível e sem viés de tendências tribais durante uma pandemia, é a arma mais democrática que um povo deve ter o direito de obter para decidir sobre sua própria vida. Estamos vivendo em um estado totalitário, ditatorial onde a democracia na informação foi completamente abolida, onde comunistas, fascistas, progressistas, ditadores e tiranos invocam um remédio pior do que a própria doença.

 

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

47 comentários em “Dr. Robert Malone criador da técnica mRNA: “Aqui estão todas as razões científicas pelas quais não é bom vacinar crianças””

      1. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

        Falei em relação à eficácia da vacina. Nao à faixa etária. Quero saber em relação à eficácia ja que em adultos TAMBEM esta causando danos. MAS OBRIGADA PELA DICA DE PERCEPÇÃO

      2. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

        Só fiz uma pergunta para saber a diferença entre as idades. E recebi respostas cínicas e ofensivas. Essa turma é de direita ou estou em turma errada? Ou em todo lugar tem gente sem educação? Sem empatia?

        1. MARCIO HONORATO PEREIRA

          Talvez, por ter interesse em se submeter, CIENTE DOS RISCOS, ao experimento que, se devidamente testado, seguro e confiável, pode ser bastante útil para próximas gerações. O que ele alerta é justamente ser muito estranha a imposição às crianças sem os testes e esclarecimentos dos riscos, que não são poucos

            1. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

              Isso INTOLERÂNCIA! Só fiz uma pergunta para saber a diferença entre as idades. E recebi respostas cínicas e ofensivas. Essa turma é de direita ou estou em turma errada? Ou em todo lugar tem gente sem educação? Sem empatia?

              1. Com todo respeito, mas tua pergunta foi muitíssimo mal formulada, considerando o artigo em questão. Talvez, a despeito do cinismo e ofensas que vc aponta, se tivesses a humildade de reformular sua pergunta, admitindo a priori seu equívoco, quem sabe você não obtivesse maior empatia nas respostas das pessoas.

                1. MARCIO HONORATO PEREIRA

                  Eu te respondi respeitosamente. Creio no que escrevi, pois a questão principal é a estranha imposição às crianças de um experimento que pode dar muito errado e não são postos ANTECIPADAMENTE sobre a mesa os riscos importantes que podem ser resultantes do experimento. Ou seja, estão tratando crianças como ratinhos de laboratório e os pais como proprietários de “coisas” úteis ao experimento.

                  1. YES!!!!!!!!!!!!!!! Isso Isso Isso Márcio! E note que a questão com o coração também podemos remeter a pessoas HIPERTENSAS! Isso tá cheirando a PORTON DOWN e a TUKESGEE… E a vacinação q aquele laboratório fez no povo de DARFUR onde todo mundo ou ficou ou nasceu, estranhamente magros, e todos com HIV…

                    1. Só com o passar do tempo saberemos . Um jovem em SC de 28 anos teve complicações e veio a óbito. A mãe mandou fazer teste na Espanha e foi comprovado a alteração da coagulação sanguínea e heparina . Há muitos vídeos no YouTube ( Bruno era o nome do rapaz).

                      1. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

                        Sim. Por isso questionei ele ter tomado… acredito que foi experimental, já que ele mesmo é pesquisador. Gostaria de saber a opinião dele em adultos. Foi a minha questão

                      2. Não sei se você percebeu, mas ele deixou de ser criança deve fazer uns 70 anos..se assistir de novo e de novo vai ver que ele está falando das crianças….

                        1. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

                          Só fiz uma pergunta para saber a diferença entre as idades. E recebi respostas cínicas e ofensivas. Essa turma é de direita ou estou em turma errada? Ou em todo lugar tem gente sem educação? Sem empatia?

                        2. Porque quando você tem uma intervenção de urgência (no caso, a vacina durante esta pandemia para reduzir os casos graves e óbitos) que ainda não completou a fase de estudos (é experimental, sim), só se justifica o uso quando os benefícios forem superiores aos riscos que esta intervenção possa trazer. Ele é idoso. Não sabemos se tem alguma comorbidade. Em crianças e adolescentes saudáveis não se justifica o uso pela relação risco x benefício, basta ver os dados: só houve agravamento nesta faixa etária na presença de comorbidades.

                        3. Essa pergunta é típica de quem tem o simples propósito de tumultuar, ridicularizar, contestar ou coisa que o valha. Observe-se que após a pergunta propriamente dita, temos: , seguida do advérbio “então”, nesse caso, segundo dicionário, “usado como expressão expletiva, com carga de ironia ou cobrança” e como se não bastasse “????” 04 (quatro) interrogações, o que denota espanto, admiração, e acima de tudo ironia. Isso em cima de um texto que busca alertar aos “pais de crianças pequenas e adolescentes saudáveis”. Todos sabemos que os adultos e idosos, notadamente aqueles portadores de comorbidades são mais suscetíveis aos ataques e à letalidade do COVID. Já as crianças pequenas, ainda biologicamente em formação, ficam muito mais expostas aos efeitos negativos elencados no depoimento alertando para a precipitação do uso dessa técnica ainda não devidamente testada e pouco estudada e que carrega em seu bojo alto índice de distorções. Se afetadas elas irão carregar isso para o resto de vida. E você pai terá até o fim dos seus dias que carregar o peso dessa responsabilidade fruto da sua irresponsabilidade e descaso. Você está preparado para isso? E para um óbito precoce do seu filho antes saudável? Os danos são irreversíveis e irreparáveis. A questão aqui não é o lucro desmedido dos produtores de “vacinas”, muito pelo contrário. Para finalizar, cito o Presidente do Comitê Permanente de Vacinação do Instituto Robert Koch (STIKO): “Eu não vacinaria agora meus filhos agora contra o COVID.”

                      3. Obrigada por isso Karina. Estava procurando informações sobre ele e a primeira coisa que se acha é que ele é promotor de desinformação. o ministério da verdade atuando fortemente. Tá bem dificil viver neste mundo.

                      4. Pelamor….mais expert que ele….ele mesmo criou….vcs preferem a opiniao dos jornalistas da globolixo? Nao é possível que as pessoas nao usem seus neurônios….nao é possível….e outra coisa…esse é o milésimo cientista que fala pra nao tomar….vai atrás da globo? Entao cancela seu plabo de saúde e vá se consultar com eles!

                      5. Ele, um cientista, criador de uma técnica que segundo ele mesmo faz o corpo produzir uma proteína tóxica, e que não foi testada, diz que se vacinou??? É, no mínimo estranho, e contraditório, a meu ver.
                        NADA justifica a inoculacão destas substâncias, nem em crianças, adultos e nem em idosos.
                        A única justificativa é lucro e redução populacional.
                        O tempo dirá.

                      6. Eu entendi que os danos são causados em todos os grupos, mas os adultos devem tomar a vacina por serem mais propensos a desenvolver Covid na forma mais grave e irem à óbito, enquanto que as crianças e adolescentes desenvolvem casos leves de Covid, criando uma imunização natural sem efeitos colaterais que a vacina pode causar, então, pesando na balança, devem ser vacinados adultos e evitar vacinar crianças e adolescentes, lembrando que ciências biológicas não são exatas, sempre vai existir às exceções, idosos que tem imunidade e crianças com baixa imunidade

                      7. D. Ilma, a Sra tem todo direito de questionar, como os outros também têm. O absurdo é obter respostas ofensivas a uma simples pergunta. Essa atitude foi muito bem qualificada aqui como intolerante. O seu questionamento faz sentido, pois até parece que o cientista está falando de dois seres diferentes (crianças e adultos), que sofrem reações muito diferentes. Eu percebi que foi nisso que a senhora se fundamentou para formular sua pergunta. Até onde eu sei sei, todos nós somos leigos nesta sala virtual. O inacreditável e inaceitável é levar essa discussão para o viés político, ideológico, fundamentalista e conspiratórios. Nesse terreno não há discussão.

                        1. O senhor está certo. E não só parece. Está se tratando de dois seres diferentes vez que não se pode ser ao mesmo tempo criança e adolescente (adulto é por sua conta). E as reações são diferentes sim. E mais, o adulto é responsável por si mesmo, já a criança não: ela é dependente. E não tem nada de “viés político, ideológico, fundamentalista e conspiratórios” (com seu erro de concordância), a não ser na(s) sua(s) cabeça(s). Cabe se ater com mais propriedade aos textos lidos para não ficar escrevendo alegorias. Abraço.

                        2. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

                          Gloria a Deus! Finalmente uma.pessoa inteligente sem trava nos olhos. Isso mesmo. Obrigada pela tradução da minha colocação por vez, mau editada ou formulada.

                      8. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

                        Gloria a Deus! Finalmente uma.pessoa inteligente sem trava nos olhos. Isso mesmo. Obrigada pela tradução da minha colocação por vez, mau editada ou formulada.

                        1. Ilma Ribeiro da Silva Ferreira

                          Não me vacinei, meu filho não quer se vacinar, pois ele já teve periocardite, meu marido é militar e não se vacinou. Por sorte se aposentou, não foi obrigado. So minha filha que é esquerdista que tomou

                            1. José vejo que os Zés somos todos observadores e acredito que muito bem informados e concordo contigo em todos os aspectos, se deixarmos o sistema e a esquerda dominarem esse país já era…

                          1. Jandira de Sousa Dantas

                            Questionamentos sobre vacinas sempre existiu e sempre vai existir, inclusive no Brasil ja tivemos a guerra das vacinas, portanto, em quem acreditar? O cara é cientista. Não o conheço. Ele pode ser um louco, lunático, tem tantos por aí. Até que se prove o contrario, temos que tentar, a vida é uma eterna tentativa, lembram da poliomielite, quantas criancas foram salvas, inclusive nós. Não quero saber de direita nem de esquerda, quero apenas tentar, oh!!! Viramos ratos de laboratório?? Lembrando que toda droga tem um efeito colateral. A humanidade sempre pagou um preço alto, seja na Alemanha, nos EUA, em Hiroshima, no Brasil etc. Na verdade, eu até acredito que essa doenca produzida veio para dizimar a população mundial. Mas eles não são Deus. Vamos orar mais e retrucar menos
                            O Pai Celeste esta com quem acredita que dias melhores virão
                            Estamos vivendo os finais dos tempos e muitas pragas ainda estão por vir, cada um tem que fazer sua parte deixando o covid para trás
                            Acorda povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *