Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

Agenda Green: O Parlamento Europeu dá o ok para a obrigatoriedade de regularizar todas as casas em tempo recorde, mais um golpe dos progressistas 

Karina Michelin

Karina Michelin

Com 343 votos a favor, 78 abstenções e 216 contra, a tão temida diretriz para a eficiência energética ganha a aprovação dos “representantes do povo” no Parlamento Europeu.  

Como era de se esperar, os protestos de alguns países membros, com a Itália à frente, de pouco serviram para que o projeto ditatorial Green New Deal da União Europeia seguisse adiante ( aqui ). Em pouco menos de cinco anos, todos os novos edifícios terão que ter zero emissões de carbono, enquanto para edifícios residenciais o prazo expira em 2032. A classe energética E terá que ser alcançada para todos dentro de sete anos, D até 2033. ( aqui )

As consequências de tal diretriz são fáceis de imaginar: caras reestruturações a serem financiadas pelos próprios cidadãos, em um curto espaço de tempo. ( aqui )

Para os deputados europeus os resultados de suas decisões nunca foram um problema. O Parlamento não ouviu as questões levantadas pelas associações comerciais, além de não terem especificado ainda –  de onde o dinheiro será retirado, ninguém falou sobre os planos de viabilidade.

A ideologia Green, nunca foi tão forte como nesta legislatura, parece ter drogado todos os processos legislativos. Aliás, a eficiência energética dos edifícios faz parte do pacote “Fit for 55” ( aqui ), a agenda que apela para uma Europa com zero emissões de CO2 até 2050. No entanto, o projeto está muito longe de ser pelo amor ao meio ambiente, está  muito mais próximo do desejo incessante pelo lucro e suas vantagens. De fato, não é preciso muito para entender que não haverá sabe-se lá que mudança no mundo, se apenas alguns países do globo reduzirem seus agentes poluidores, enquanto China e Estados Unidos maiores emissores de CO2 continuarem a “poluir”. ( aqui )

A Itália, por sua vez, nunca teve medo de mostrar suas perplexidades sobre a diretiva. Os expoentes do governo votaram de forma compacta contra as casas Green e já prometeram levantar suas vozes durante a negociação final ( aqui ). A passagem pelo Parlamento é, na verdade, apenas o segundo passo antes da aprovação final e oficial. Falta ainda o chamado Trílogo, um longo processo que veremos o Parlamento, a Comissão e o Conselho Europeu discutirem.

Entretanto, em 8 de março, o Parlamento italiano já tinha aprovado uma moção majoritária que obrigava o Governo “a adotar as iniciativas que lhe competem junto das instituições europeias competentes para impedir a instauração de uma disciplina considerada perigosa para o país.” ( aqui )

Em comparação com os outros membros da UE, a Itália será de fato o país mais afetado, porque possui bens imobiliários muito antigos e de extrema beleza, verdadeiros patrimônios históricos que devem ser protegidos e não desfigurados com painéis solares. Sem contar nas propriedades que fazem parte de um condomínio, isso significa que há quem pode gastar e quem não pode.

Assim como as máscaras obrigatórias contra a Covid, impedindo o cidadão de respirar, agora vem a obrigatoriedade de zero emissão onde as casas de família são responsáveis por arruinar a saúde de seus habitantes. Enquanto isso China e Estados Unidos continuam poluir para todos. 

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

18 comentários em “Agenda Green: O Parlamento Europeu dá o ok para a obrigatoriedade de regularizar todas as casas em tempo recorde, mais um golpe dos progressistas ”

  1. Pingback: O Parlamento Europeu dá o ok para a obrigatoriedade de regularizar todas as casas em tempo recorde, mais um golpe dos progressistas 

  2. Como já fartamente documentado e diversas vezes dito aqui, tudo o que se divulga e se ensina em massa sobre questão energética é uma baita fraude.

    Mas, vamos a essa modinha da geracao de energia solar, que é uma jogada inteligente sob a ótica fdp estatal.
    Numa residencia com um consumo medio em 250 a 300 kw, a pessoa investe algo aproximado a 20 mil cruzeiros num projeto para supostamente gerar sua propria energia. Pelo menos isso é o que é vendido para a galera.

    Só que os emocionados embalados pelo modismo do momento ainda não perceberam que o pulo do gato do estado em “liberar e regulamentar” tal coisa é que o cidadao literalmente está pagando para trabalhar para o estado. Isso falando em sistemas on-grid.

    Basta raciocinar: se a intencao do estado fosse mesmo alguma coisa próxima de geração de energia “sustentavel”, ou que merda lá que isso signifique, toda a cadeia de suprimentos desses sistemas deveria ter imposto zero ou até mesmo super reduzido. Ao contrário, alem de toda caralhada de impostos sobre o sistema solar, o “investidor” continua pagando a sua tarifa básica, ainda que gere excedentes (gerar acima do consumido), e esse excedente, se não for utilizado pelo gerador, gera créditos ao gerador e esse tem que utiliza-los em até 5 anos. Com um singelo detalhe: o legislativo brasileiro aprovou recentemente uma lei para regulamentar (leia-se meter mais estado na vida das pessoas), com a esparrela de trazer segurança jurídica, que irá tributar os excedentes. Falando de Brasil, nao pense que o estado compra esses excedentes, ate porque pra que comprar se pode tomar? Resumindo, esses créditos acabam é indo para o ralo, ou, para o estado, o que dá no mesmo no fim das contas.
    E porque o zé ruela trabalha para o estado? Porque com tais usinas solares pipocando em cada telhado mundo afora, as concessionárias não vão mais se preocupar (já não se preocupavam mesmo) tanto em investir em mais infraestrutura de geração de energia elétrica, pois estao conseguindo quem os ajudasse nessa tarefa. Ou seja, investimento zero e ainda tomando de quem produzir!

    O povo é sabotado o tempo todo e não percebe. No final, os que tentam mostrar isso é que são taxados de loucos e idiotas!

    1. Well, apimentemos…
      Na espanha se COBRA por painel solar, ou seja tributam as emissões solares!
      Sistemas on grid são roubo duas vezes, pois já pagamos pela hidrelétrica!
      E mais, teriamos apenas que pagar MANUTENÇÂO e NUNCA energia, pois essa nos pertence e já pagamos os coletores (hidreléticas, termoelétricas, geradores eólicos, etc.) que as coletam! Logo, o crime é maior, pois além de pagarmos os sistemas de geração e coleta, somos sequestrados nesses investimentos que são leiloados (e ainda tem macaco que se alegra com leilões de concessões de estradas, energia etc.) e os sequestradores nos cobram pela nossa energia e se vc não pagar o estado SEQUESTRA seu dinheiro, seu patrimônio e seus direitos!
      Enquanto o povo não entender que funcionário público bom é FP morto, não tem jeito!
      Sistemas off grid devem ser mantidos LONGE da vista, pois a agenda é sequestro de recursos de forma a engessar e garantir a escravidão TOTAL.
      Até os anos oitenta do sec. passado era proibido qualquer cidadão fazer uma roda dágua geradora por imposição legal garantida por políticos e FPs e criada por empresas inglesas como a da represa billings!
      O ESTADO É UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E MAIS NADA!

        1. Caro Ricardo, temos que acordar a macacada!
          A agenda é terminal para os humanos, e o desmonte da autarquia é a mola mestra do engessamento cidadão!
          Não é só fontes energéticas, a agricultura está sendo MORTA, alimento vivo é a única alimentação sadia e essa está sendo subtraida de todos via controle de terras que começou ainda na idade mérdia.
          Essa agenda de MST é ipsis literis a mesma imposta a agricultores da holanda, dos EUA, da Alemanha, de todos os países pró agenda green kriptonite!
          Portanto não acreditemos que o que está lá não vem para cá, pois vem, e vem mais aparelhado pois já estará mais traquejada!
          Só a matança dos agentes dominantes garantirá qualquer chance de sobrevivencia para seres humanos, a agenda é VIADA, INUMANA, ABOMINÁVEL, portanto se prepare para a guerra e NÃO TENHA PENA, NÃO TENHA PIEDADE, O QUE NÃO PRSTA TEM QUE SER EXECUTADO!

            1. Caro Ricardo, essa equação é mais extensa ainda!
              Observe os fitoterápicos, as plantas medicinais e perceberá que TODAS estão sendo catalogadas pela escumalha mérdica e com isso, esses lixos emplacam efeitos colaterais garantindo leis que proibem essas plantas!
              Arnica é mágica, e PROIBIDA! A fossa anvisa proibiu tintura mãe de arnica para venda!
              Só de chás que essa latrina anvisa mira suas maldades dá medo!
              A própria maconha, um anagrama de cânhamo, sempre tinha nos quintais das casas, era batata para problemas digestivos e de insônia, mas por conta da escumalha bandida da monocultura do algodão nos EUA, ela foi proibida no i-mundo! Esses lixos “agricultores” (não achemos que latifundiários são bacanas como pinta o Bolsonaro, pois dessa espécie eu citaria uns 100 lixos raiz, mas basta citar o ex governador e senador goiano que apareceu com uma mesa de café da manhã de rei dizendo a todos quedeveriam ficar em casa comendo seus cafés da manhã, isso em tempos plandêmicos, uma mesa de dar inveja à classe mérdia!) não queriam a fibra do canhamo na concorrência, pois o canhamo tem a MELHOR FIBRA VEGETAL que existe, TODAS AS EMBARCAÇÕES ATÉ O SEC. 19 TINHAM SEUS CORDAMES, CORDOARIA, VELAS E INCLUSIVE A CALAFETAÇÃO DAS NAUS ERAM FEITAS DE CANHAMO!
              E não por acaso, o primeiro traficante de maconha conhecido era um judeu que curtia um jazz, até tocava, mal, mas tocava!
              E daí para a frente surgiu a indústria do crime, que aconteceu concomitante à lei seca, emplacando a capitalização do crime via tráfico de alcool e de maconha!
              A cocaina era vedete no sec. 19 e início do 20 na europa, todo “descolado” metido a intelectual usava pó, vide freud (judeu) que prescrevia aos pacientes, Conam Doyle que glamourizava com seu icônico Sherlock Holmes, e por aí vai, de Tolouse Lautrec a absintescos Van Goghs a droga graçou gerando a dependencia fundamental para azeitar o tráfico de drogas que SEMPRE foi arquitetado pelos legisladores!
              Qualquer automóvel funciona a água, e é simples fazer:
              Pega-se um flyback acopla-se a um reator (transdutor= aquele que transforma uma modalidade energética em outra) de microondas e temos um gerador de alta tensão hardcore, que vai fazer o mesmo papel da bobina do auto só que mais brabo.
              Daí, só precisamos de uma mini câmara metálica para que a fagulha de alta tensão pegue em uma gota dágua, e nessa camara vale colocar dois imas com furo no meio com polaridades inversas, e garantimos que cada gás, o H e o O se encaminhem para sua polaridade “complementar”, garantindo dessa forma a chegada de ambos gases à camara de combustão por dutos diferentes dando tempo da compressão ser ótima.
              Simplesmente acabei de postar um invento que não vale a pena ser patenteado por conta dos riscos de assassinato, mas que muda a vida de qualquer um, garantindo uma fonte energética eterna.
              Daí, em cada saída nas pontas com os imãs, coloca-se uma mangueira (usar de material grosso pois hidrog~enio passa por paredes, vide os balões de hélio que depois de um tempo esvaziam, e hélio tem o DOBRO do tamanho do hidrogênio!!) e uma agulha hipodérmica na ponta que é introduzida no coletor de ar do filtro (no caso do oxigênio) e direto no coletor de admissão no caso do hidrogênio!
              E voi lá, temos um carro movido a água!

              Outros métodos de coleta de hidrog~enio existem,. mas em minha opinião são muito inseguros, pois hidrogênio é simplesmente doido para explodir, ele unitário EXIGE ligação no mínimo covalente e ligação vai acontecer de qualquer forma, até porque oxigênio está no ar.
              Mas há um personagem que fez um modelo muito seguro e de efetividade garantida e muito mais fácil de fazer por não carecer de know-how de alta tensão (alta tensão MATA) que é exigência do modelo que sugiro! Muito bom o trabalho dele.
              youtube.com/watch?v=d85OX6yEwE0

              Com esses conhecimentos desmontamos as agendas mas temos que fazer na ENCOLHA, pois iremos adentrar no mundo do realmente proibido, aquilo que beneficia a humanidade!
              O conhecimento nos liberta!

                1. Caro Ricardo, sou carioca como vc, mas não moro no RJ.
                  Não creio me enquadrar em nada citado, pois entendo o autodidatismo sempre relativo, mesmo autodidata bebemos em outras fontes, e acadêmico não me enquadro porque tenho coleções de expulsões de tudo quanto é antro de ensino ortodoxo (para ser mais exato tenho coleção de expulsões em todo canto!!!), em resumo, estou mais para pensador rebelde, descrente de tudo sempre busquei as razões subjacentes da desgraça coletiva em que nos metemos!
                  E como a descrença nos leva a desconfiança e desconfiança ao sensor de perigo, entendi que só ficando muito fortes temos chances de escapar do jugo maldito!
                  E aqui busco fazer essa questão ficar clara, pois sei que só o caminho da potência poderá nos livrar da desgraça vaticinante mosaica que tomou o i-mundo!
                  Sugiro a todos que querem entender o jogo que achem suas mãos nos sonhos.
                  Ou seja ao à noite, quando se preparar para dormir, incuta em sua cabeça a ideia de se lembrar no sonho que tem que olhar para a mão.
                  Quando conseguir, perceberá que vc consegue se lembrar no sonho de sustentar a razão, e aí, um novo universo irá se abrir para vc, um universo indescritível mas igualmente factual e inclusivo energéticamente!
                  Nesse momento, perceberá que estamos em uma armadilha discricional e descritiva, e que para sair dela só precisamos de POTENCIA, pois o foco no sonho fica diluidaço, se torna a coisa mais difícil manter o foco, no sonho ficamos como bêbados ou melhor dizendo, como algo sonâmbulo, algo daquele jeito terrível quando estamos capotando de sono e não podemos dormir, é a mesma sensação o sonhar inicial, e a cada sonhada vamos amalgamando o foco, de forma que em determinado momento temos o controle exatamente idêntico ao que temos no cotidiano.
                  Não estamos em matrix nenhuma, mas nos encaminhamos lepidamente para uma, essa É A META DE DEUS: todos nas nuvens como angelicais nefelibatas!!!
                  Será que ainda não caiu a ficha de que papo cristico de depois da morte todos “estarão eternamente sentados ao lado do trono de deus” é exatamente o que se está configurando em uma agenda gemátrica???
                  Todos nas nuvens…
                  ESSA É A AGENDA GREENDEAL!!!
                  E lembro que só a compreensão polimata é pertinente às artimanhas do jogo.

                  1. Muito interessante…
                    Aprecio suas ideias e adoro o autoditadismo.
                    Também não estou mais no Rio, moro no interior do estado, Miguel Pereira.
                    Também fugi do mundo acadêmico porém um dia fui obrigado a entrar e por ironia me tornei professor, rssssssssssssssssssssss.

                    1. Caro Ricardo, essa ideia de achar a mão no sonho não é minha, é de Dom Juan, o mestre que ensinou Carlos Castaneda, só que sempre entendi sonhos uma outra realidade e não elucubrações fantásticas em sinapses de um subconsciente onírico!
                      Daí, parti para o teste, e o troço é sério, funciona de forma estupefaciante!
                      —————–
                      Miguel Pereira… localização privilegiada! 😀
                      A serra carioca é um manancial inesgotável de lugares fantásticos, sem a loucura cosmopolita e degenerada do RJ!
                      O problema não é estar ou ser professor, mas a bagagem disponibilizada para a macacada! 😀
                      Hoje em dia a distopia é a ciência, filosofia e doutrina aplicada em todo o cenário acadêmico!
                      E conseguiram a proeza de emplacar legalmente a até “cientificamente” que buraco de merda é órgão sexual, mas sem nada, ou seja somente tese sem antitese ou conclusão! E aí, a macacada já esnobando estupidez de berço não consegue perceber que a simetria axiomática dessa proposta é que o estado, o status quo, o establishment determinou que gente e merda são a mesma coisa e gente aceitou!!!!
                      Não conseguem perceber que defender que buraco de merda é órgão sexual é o mesmo que defender que gente e merda são os mesmos, “nascidos” de órgão sexual “umano”!!!
                      Pô, quando uma população em sua maioria defende tal abominação é porque já são merdas em suas cabeças e nada podemos fazer pára ajudar, mas acredito ser possível ajudar a raciocinar aquela meia duzia que eventualmente tenha vocação para tal!
                      Acredito que o único caminho para professores atualmente seja tentar ensinar a raciocinar, pois essa lixarada está completamente acéfala, bestial, estúpida!
                      Se conseguir, fará a diferença em escala total!
                      Ou seja, é uma profissão desafiadora!!!
                      Conto contigo! 😀

                1. Caro LV, claro que sim, a pressão atmosférica em nada interfere em questões eletrolíticas a priori.
                  O frio, pode facilitar um piorar, vai depender de variantes, pois frio reduz resistencia mas também desmonta as dopações dos equipamentos eletrônicos.
                  Para entender: quando adola sem grana quando queria ouvir walkman tinha que colocar pilha na geladeira para aumentar a sobrevida dela, daí, pensei: Pô, vou colocar todo a aparelho no congelador que aí desintegro a resistencia elétrica e vai fluir mais energia!
                  Evidente que deu errado, pois cada resistor, cada diodo, cada transistor perdeu sua capacidade pois o que era P ou N deixou de ser, passou a ser tudo ao mesmo tempo, pois as dopagens é que determinam os caminhos. Um diodo sem resistencia no sentido oposto ao da tensão aceita é o mesmo que nada!
                  Um transistor com a dopagem congelada deixa de ser transistor, pois tudo vai fluir para tudo sem resistencia ou semi resistencia.
                  Assim, fica patente que sempre sob baixa temperatura severa, o que é o caso citado, os componentes eletrônicos deverão ficar acondicionados para não serem submetidos a altas mudanças de temperatura!
                  Mas no resto não tem problema.
                  Aliás, em tese até pode facilitar pois quanto mais baixa a pressão atmosférica mais baixa será a temperatura de ebulição da água. A mil metros de altura (não confundir com altitude) dando como base o mar, teremos uma p´ressão de uns quase mil milibares, enquanto no nível do mar ela é teoricamente 1013 milibares, ou seja, a água entra em ebulição na medida inversa da pressão exercida pela atmosfera sobre ela.
                  Mas não creio que facilite a dissociação molecular (separação do H do O), mas facilitando a volatização da água pode sim facilitar essa dissociação via alta tensão em vez de eletrólise.
                  E o método que sugiro é via alta tensão.
                  Eu sugerira colocar um painel solar nas asas só para garantir eletricidade na bateria, pois alternador em avião é sacrificar no peso, por isso se usa bobina nos aviões à combustão.
                  Já em aviões a jato, reator ou estatoreator, acredito que só melhora o performance, pois H e O se ligando geram mais energia que hidrocarbonetos e desmontam qualquer falácia de quererem nos convencer que os malditos chemtrails (trilha química) são queima de combustível, o vulgo contrail (trilha de condensação).
                  Embora só retardados mentais acreditem que querosene de aviação gera fumaça, densa, gordurosa e perene como são chemtrails!
                  Contrails geram apenas gelo de CO2 e água, apenas isso, e NÃO GERAM NUVENS QUE FICAM VÁRIAS HORAS PAIRANDO DISTRIBUIDA NO CÉU!

  3. Caros, o que acho pertinente observarmos é que CO2 é VIDA, sem ele a vida MORRE!
    Toda planta come CO2, e CO2 é a resultante metabólica de respiração animal que alimenta as plantas!
    Ou seja, nós ingerimos o oxigênio que é a resultante metabólica da fitorespiração, e expelimos CO2 que ALIMENTA a plantas!
    Estão matando os animais, entendem que eles geram o CO2 que alimenta as plantas, e estão matando as plantas, pois as plantações estão sendo proibidas e sabotadas via GMO e pesticidas diversos, ou seja, plantas e animais estão sendo proibídos!
    Esse é o resumo dessa agenda, e ela não poderia ser mais clara, a meta é o extermínio da vida para o emplacar sintético, a glória da entidade que chamo de alma de máquina e que todos mergulhados na ignorância chamam de deus!
    Sugiro a todos que leiam sobre métodos de geração energéticas, pois dessa forma terão base para entender que essa agenda é uma FRAUDE TOTAL!
    Não existe aquecimento antropogênico, pois a Terra é um organismo vivo e como tal está em constante mudanças em busca de sua homeostase.
    O ar não conduz calor, logo o calor (luz) que entra não sai, a única saída e a taxa de albedo, que é muito baixa, só alcançando números próximos ao de entrada de luz nas calotas polares que têm um albedo quase total!
    Assim, fica claro que o aquecimento só será reduzido pela EVAPORAÇÃO, que gasta a energia termica em forma mecânica (movimento das massa fluidas e dilatações), e mais, levando a água da terra para o ar se garante FRIO, pois o gradiente térmico é de 2 graus a cada 300 metros, ou seja, subiu 300 metros cai a temperatura dois graus e subindo 1 km se reduz 6 graus e lá vai fumaça…
    A única forma de debelarmos as agendas criminosas e tendo conhecimento, e ter conhecimento depende somente de leitura, inclusive desse que aqui se manifesta!
    Todos os métodos de coleta, armazenamento e produção de energia elétrica são mais dispendiosos e deletérios para o meio do que a queima de petróleo.
    Mas água caindo gera eletricidade sempre, vento gera sempre, mas a forma de aproveitamento não é a preconizada, em usinas, mas sim individuais, ou seja, mini turbinas em canos de distribuição.
    Um prédio de 33 metros (10 andares), gera uma velocidade de queda dágua bruta e se houver turbinas de ar/água no fim dos canos, ou seja no nível do solo, antes das caixas de esgoto, de gordura e etc. teremos energia elétrica.
    Preciso dizer que a chuva é geradora de eletricidade se houver turbinas nas saídas de águas pluviais?
    Academias em prédios, com geradores acoplados às esteiras, ergométricas, etc. garante energia barata!
    E claro, o motor stirling, o mais fácil motor que come CALOR, vou repetir, STIRLING COME CALOR!
    E é o motor térmico de maior rendimento que existe, mais que motor diesel ou gasolina de alto desempenho!
    E não quebra, é virtualmente eterno pois não há nenhum grande esforço mecânico nesse motor!
    E claro, o “moto continuo” perendev e suas derivações são absolutamente eficazes e rentáveis.
    Mas é necessário conhecimento…
    Já observaram que meus textos mostram que podemos ficar livres do mal apenas com o saber?
    Todas as dificuldades energéticas são decorrentes do engessamento escravo imposto pelos estados!
    Não existe escassez energética, existe mal uso dos recursos, e esses maus usos são promovidos patrocinados pelo ESTADO, pois dessa forma sequestram e impedem a autarquia individual que desmontaria o estado por absoluta falta de funcionalidade.
    E aí, entra a questão fulcral!
    Para o estado é fundamental fomentar o sexo raso, desseletivo, imundo, pois é esse tipo de sexo que garante merdas, lixos, excrementos, degenerados, acéfalos, estúpidos, imbecis nascendo!
    E aqui temos em respostas endereçadas inclusive à mim a medida exata da profusão de lixos manifestos e SEMPRE EXUBERANTES!
    Sem matança não existe solução, é muito lixo manifesto a abundar além das bundas imundas!

    1. Caro Marcos,
      OK, então espero que também ache que podemos também eliminar os carbonos que querem nos eliminar!
      É aquilo, uma via de duas mãos, da mesma forma que os lixos podem nos eliminar, NÓS podemos eliminar os lixos!!!
      Agora só precisamos fazer a macacada entender isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados