Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

A agenda globalista, progressista, esquerdista e oportunista: se demonstra cada vez mais egocêntrica e sobretudo desumana

Karina Michelin

Karina Michelin

Todos nós sabemos que os esquerdistas defendem seus interesses por pura propaganda, eles não se preocupam com o ser humano e muito menos com as feridas instaladas dentro de cada um.

Levantar bandeiras para dividir e chocar, é o que eles fazem de melhor.

A esquerda, extremista, totalitária, ditatorial tem como hobby: reivindicar direitos a eles e cancelar o direito de todos os outros, um paradoxo na ideologia destes que lutam por igualdades sociais e direitos iguais a todos.

Os valores morais e éticos foram reprimidos por eles, trouxeram à tona o autoritarismo, a imposição de suas ideologias, puniram a liberdade de expressão e pensamento crítico e constituíram uma ordem de perigo na sociedade.

Eles pretendem a qualquer custo passar por cima dos princípios sagrados. Eles pretendem decidir como nós devemos pensar, como nós devemos nos exprimir, como nós devemos agir e quais são os temas que nós devemos evitar de falar, pensar e agir. Qualquer um que não se adapte ao “politicamente correto” vem criminalizado, punido e “guetizado” o próximo passo será a condenação no tribunal.

Este é o projeto da esquerda que visa estender sua hegemonia cultural.

Por isso, é absurdo e inaceitável que hoje aqueles que se declaram anti- fascistas, apoiem em silêncio e não se indignem diante da censura política. A liberdade de expressão, pensamento e opinião é sacrossanta!

A diversidade é riqueza quando ela vem acompanhada de respeito mútuo, educação, princípios, valores, liberdade e sobretudo com a Democracia, se eliminarmos tudo isso a sociedade perece.

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados