Pular para o conteúdo

Uma derrota para Macron: A França rejeita o passaporte sanitário

Karina Michelin

Karina Michelin

Covid-19: A Assembleia Nacional Francesa rejeitou a reintrodução do ( Green Pass) passaporte de vacinação na França

Uma sessão caótica aconteceu nessa noite de terça-feira para quarta-feira, a Assembléia Nacional aprovou o projeto de lei de saúde sobre a pandemia do Covid-19, o artigo 2° do projeto de “vigilância sanitária e segurança”, foi rejeitado no final da noite por 219 votos contra 195, graças a uma combinação de votos de partidos de direita, LR, Nupes e RN – Rassemblement Natinel da qual a Le Pen pertence. Le Pen concorreu a presidência e ficou em segundo lugar este ano – agora é maioria na Assembléia após as Eleições Legislativas que ocorreram em junho deste ano, impossibilitando Macron e a esquerda de governarem o país.

No final, apenas o primeiro artigo permaneceu de pé o que permite, com base na situação epidêmica, continuar coletando dados de saúde sobre testes de triagem Covid19. As medidas que previam a possibilidade de reintroduzir o passe verde para viagens de e para o exterior, tanto para adultos como para menores, foram rejeitadas. O texto está agora essencialmente reduzido ao seu artigo 1.o, que permite, devido a uma situação
epidémica ainda frágil, continuar a recolher dados de saúde sobre testes de rastreio. Também põe fim ao regime jurídico do estado de emergência sanitária. “Este texto no final do debate já não parece muito “, disse o deputado RN Sébastien Chenu.

A esquerda é claro, se manifestou dizendo que a oposição deu um golpe político.

Uma derrota para Macron, o próximo teste será a discussão no Senado da mesma lei, votação que preocupa o executivo francês, como emerge do tweet da primeira-ministra Elizabeth Borne: “A situação é grave – escreveu ela nas redes sociais após a votação na assembleia -. Ao aderir para votar contra as medidas de proteção francesas contra o Covid, esquerdistas, republicanos e Rassemblement National impedem qualquer controle de fronteira contra o vírus. Depois da descrença sobre esta votação, vou lutar para que o espírito de responsabilidade vença no Senado”.

A direita fica cada vez mais forte na União Europeia, principalmente depois do controle excessivo dos governos na maioria dos países da União ter tirado direitos básicos dos cidadãos de locomoção, ou de irem ao hospital sem o passe sanitário, classificando esses cidadãos de 2° classe.

O governo francês está realizando uma tentativa desesperada de demonstrar uma força que não tem mais, enquanto a oposição, da direita à esquerda, ganha apoio e assume posições claras a favor das liberdades e dos direitos.

O perigo agora está no Brasil, se a esquerda voltar a governar o país terá rígidos controles, colocando nossas liberdades e direitos ainda mais em risco do que o próprio STF já nos coloca – o país foi um dos poucos no mundo que não teve sua economia parada graças ao poder executivo.

Saberemos se a nova lei de saúde colocará a presidência de Macron em crise após a votação no Senado. Os líderes globalistas europeus estão caindo: Boris Johnson, Mario Draghi – Olaf Scholz e Macron serão os próximos.

POR: LUCCAS LIMA

correspondente internacional na França

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

8 comentários em “Uma derrota para Macron: A França rejeita o passaporte sanitário”

  1. Infelizmente para entrar no Brasil o estrangeiro tem que ser vacinado, o que é uma barreira sem cabimento e eu não posso voltar ao Brasil com minha esposa Portuguesa.
    Até agora não entendo como o Bolsonaro permitiu essa medida absurda

    1. Infelizmente, o STF passou a ditar as regras.Tirou o Presidente do comando da epidemia, passando para governadores e prefeitos a condução das regras. Com isso, houve desvio de verbas destinadas à saúde. Pelo Presidente, esse passaporte não existiria.

      1. Renato Koch, pois é.
        O presidente assinou embaixo a lei 13979 de 2020, que no artigo 3° diz o seguinte:
        as autoridades poderão adotar, no âmbito de suas competências, entre outras, as seguintes medidas: (Redação dada pela Lei nº 14.035, de 2020)

        I – isolamento;

        II – quarentena;

        III – determinação de realização compulsória de:

        d) vacinação e outras medidas profiláticas

        —//—-
        Na frente das câmeras ele até hoje diz que discorda desse absurdo, mas nas costas da população ele assina essa porcaria.

    2. Dai a Cesar o que é de Cesar

      Porque é um canalha como qualquer político. Botou ministro petista no governo, botou aliado do PT no STF..e ainda tem baba ovo que defenda kkk

      Infelizmente a dona do site ainda é ligada ao povo dessa corja mas um dia ela acordará.

    3. Apesar de Bolsonaro ser um dos UNICOS governantes mundiais a se posicionar contra a espetada, atitude até admirável em meio ao mar de consciências compradas nessa fraudemia, não podemos esquecer que ele sozinho não vai ser a andorinha a fazer verão. Se pesquisamos, até gente dita conservadora, que ve no 5tf um álibi para justificar fraquezas,que é pró-isso, pró-aquilo, está há mais de 2 anos respirando o mesmo ar que expira, ressecou a mao de tanto lambrecar com alccol em gel, tá na fila debaixo do sol por 3 horas pra tomar espetada, tá apoiando porta de comércio ser soldada pra ninguém abrir, tiozinhos serem arrastados pela puliça, a decima quinta dosis, dentre outras bizarrices.

      Sabemos que o Bolsonaro luta sozinho (ou pelo menos aparenta faze-lo) e que há muitas forças e interesses por trás de toda essa situação. Porém, a escorregada feia do governo veio através da lei federal 13.979, de 6 de fevereiro de 2020 (destaca-se que essa lei foi sancionada 40 dias antes de que se decretasse oficialmente a histeria, ou , la fraudemia).

      Destaco trecho da lei federal 13.979, de 06 de fevereiro de 2020:

      “Art. 3º Para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus, poderão ser adotadas, entre outras, as seguintes medidas:

      I – isolamento;

      II – quarentena;

      III – determinação de realização compulsória de:

      a) exames médicos;

      b) testes laboratoriais;

      c) coleta de amostras clínicas;

      d) vacinação e outras medidas profiláticas; ou

      e) tratamentos médicos específicos;

      IV – estudo ou investigação epidemiológica;

      V – exumação, necropsia, cremação e manejo de cadáver;

      VI – restrição excepcional e temporária de entrada e saída do País, conforme recomendação técnica e fundamentada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por rodovias, portos ou aeroportos;

      VII – requisição de bens e serviços de pessoas naturais e jurídicas, hipótese em que será garantido o pagamento posterior de indenização justa;”

      Detalhe importante: essa lei levou menos de 2 dias para tramitar e ser sancionada.

      Enfim, deixo para reflexão o livro de Jeremias no capítulo 17 versículo 5, que é categórico!

      1. Ronald "Ronnie" McCrea

        Quem fez isso também foi seu Sérgio (Morno) Moro e Luiz (Mutretta) Mandetta. Eles também foram parte dessa desgraça quando ainda estavam nos ministérios da justiça e saude respectivamente.

    4. Caros, creio que existe desconsideração de alguns fatores por parte de boa parte dos comentaristas.
      Lá na frança foram os políticos que cancelaram o tal passaporte, e não duvido que boa parte da população acha que tem que ter passaporte.
      Lá parece que ainda existe político que tem como ser chamado à responsabilidade!
      Agora aqui, onde se busca demonizar um lixote ex-trogado, um ortopedista que só de ver a cara e ter um mínimo de noção de fisiognomia percebemos que o cara pe lixo de tudo e TÁ NA CARA!!!
      Quem por alguma razão acreditou nesses dois lixos é lixo como eles, a própria dinâmica comportamental mostra de forma clara que a empatia acontece quando existe simetria comportamental!
      Aqui até hoje abundam lixos de focinheira, abundam lixos pró “vaticina”, e isso tanto na população quanto entre parlamerdares que sequer sabem ler direito, aliás, que sequer são alfabetizados funcionalmente!
      Quando anittas, pablo vitares, neymares, excrementíssimos trogados, novelas, programas dominicais, politicamente correto, e sobretudo viados e travecas são entendidos saudáveis, normais e profícuos só existe uma solução: MATANÇA!
      Um ser humano normal para saber falar precisa ter estímulos de interação com vocalizações antes dos 7 anos, ou esse ser humano será INCAPAZ de falar!
      A compreensão de texto é a mesma coisa, só que segundo afirmam, a capacidade de interpretação independe de periodo de vida, mas sim de teor nutricional nos alimentos ingeridos na primeira infância.
      Observando que a ingestão de açucar refinado, farinhas refinadas e afins PULVERIZA a capacidade intelectual, destrói a nutrição de neurônios e o resultado será impreterivelmente o retardamento mental.
      Mas como hoje a degeneração é sistêmica, se torna virtualmente impossível para um comum, um mediano perceber que está mergulhado na ignonímia! Para as pessoas, uma anitta é saudável, um pablo vitar é saudável, e são intelectualmente normais!
      Mas para o bom senso ambos representam as mais imundas doenças, as doenças do espírito.
      Não é possível fazer um desses dejetos ser saudável, e como eles é a IMENSA MAIORIA DA POPULAÇÃO NÃO SÓ BRAZUCA, MAS I-MUNDIAL!
      NÃO TEM SENTIDO AGORA ESPERARMOS 50 ANOS PARA UMA RENOVAÇÃO GERACIONAL, até porque esses lixos de hoje irão reproduzir, aliás, eles é que têm maior possibilidade reprodutiva, visto que lixos se sentem confortáveis gerando no esgoto!
      Ou a guerra completa limpa tudo ou acabou, só vai sobrar judeus que já são degeneração raiz e estão muiuto bem ambientado nessa mixórdia imunda que virou o mundo!
      Cancelar passaporte, aprovar ou desaprovar leis, colocar ou não colocar focinheira… tudo isso é apenas ração para lixos.
      Por mais 40 anos os lixos do stf estarão lá fazendo o que sabem fazer, o Bolso vai sair na melhor das hipóteses em 2026, mas os lixos trogados são VITALICIOS, E AÍ, COM O BOLSONARO CARTA FORA DO BARALHO A COISA VAI SE MOSTRAR MAIS SINISTRA.
      O estado venal tem que ser EXTERMINADO, temos que exigir em frente aos quarteis a declaração de guerra contra o estado, a absoluta liberdade de porte de armas de qualquer calibre, a pena capital para TODOS os agentes públicos e merdiáticos que alavancaram lockdowns e plandemencias, e a pena capital para TODOS OS TROGADOS MINISTROS DE TODOS OS TRIBUNAIS!
      E só é possivel isso acontecer com o povo exigindo na frente dos quarteis pois FFAA NÃO SE AUTO ACIONAM!
      QUEM DÁ A ORDEM AO BRAÇO ARMADO DO POVO É O POVO!
      E tanto é fato que NINGUÉM político aprova a manifestação nos quarteis pois aí acaba a farra desses lixos, que legislam os próprios salários, as proprias leis e regulamentações de classe, quer garantem zilhares de benefícios e auxílios para eles próprios!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *