Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

E ainda há quem defenda o Comunismo, ou pior, dizem que ele nem mesmo existe!

Karina Michelin

Karina Michelin

O que estamos vendo em Cuba é sem precedentes, é a luta do povo contra o sistema, eu já venho falando sobre isso há tempos aqui com vocês.

Não se iludam que isso só está acontecendo em Cuba, isto está acontecendo no mundo todo, em alguns lugares de forma menos expressiva porque ainda o povo está iludido com a falsa liberdade ou com um pouco de dinheiro a mais no bolso que os cubanos.

O regime comunista quer engolir o mundo, com sua tirania e seu totalitarismo; hoje através de Cuba podemos observar como é letal para a sociedade este sistema. Quando olhamos para a quantidade de pessoas desaparecidas nos últimos 3 dias, entre jovens, jornalistas, blogueiros e cidadãos comuns percebemos que estamos em perigo constante.

O Presidente de Cuba Miguel Díaz- Canel, do partido Comunista, em um pronunciamento em rede nacional incitou a insurreição.

Ele foi muito claro, convocou a todos os revolucionários do País, convocou a todos os comunistas para irem até as ruas e enfrentar o povo. O presidente autorizou aos seus “guerrilheiros” que eles fizessem o que quisessem com o povo por todos os dias.

Eles estão matando inocentes, sumindo com as pessoas que são contra o sistema, jornalistas estão desaparecidos, todos que lutam contra o comunismo- socialismo estão sendo perseguidos pelo próprio governo.

Para vocês que defendem o socialismo-comunismo, o tratamento que eles te oferecem é super humano: Durante a noite eles cortam a energia elétrica de cidades inteiras, não tem comida, não tem remédio, não tem atendimento nos hospitais, o povo está imerso no caos.

Podemos notar o silêncio das mídias, o silêncio dos esquerdistas, comunistas, socialistas, progressistas, globalistas….Estão todos unidos, são todos cúmplices deste massacre popular.

¡A todos mis amigos cubanos todo mi amor y respeto! fuerza y ​​coraje 🇨🇺 Adelante!!!!

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados