Bill Gates: ” Temos as vacinas que ajudam, mas elas apenas reduziram a transmissão de forma leve, precisamos encontrar uma nova maneira de fazer vacinas”

Karina Michelin

Karina Michelin

Bill Gates em uma entrevista a Jeremy Hunt (presidente do Comitê de Saúde e ex-secretário de Saúde do Reino Unido), na cúpula da COP26 que foi ao ar dia 04 de novembro em seu twitter, emitiu mais um alerta de premonição, além de contestar a vacina após bilhões de doses aplicadas.

Gates alertou sobre ataques bioterroristas e induziu as autoridades internacionais e seus países,  incluindo a Organização Mundial de Saúde, ( onde ele é o primeiro acionista privado majoritário)  a se prepararem engajando-se nos  “jogos germinativos”.

Bill Gates incentiva a prática de Germ Games”, alertando sobre possíveis ataques bioterroristas: 

“Você diz, OK, e se um bioterrorista trouxesse a varíola para 10 aeroportos? Como o mundo responderia a isso?Existem epidemias de origem natural e epidemias de bioterrorismo que podem até ser muito piores do que as que vivemos hoje, os avanços na ciência médica deveriam nos fornecer ferramentas que, poderíamos fazer muito melhor."

O Pai das vacinas afirmou que:  países como o Reino Unido e os Estados Unidos  terão que gastar bilhões de dólares, para obter o resultado final que contará com a abolição de tudo,  até mesmo da gripe ao resfriado comum. Segundo ele esta Força-Tarefa pandêmica custaria  cerca de um bilhão por ano,  no nível [da Organização Mundial da Saúde], que está fazendo a vigilância e fazendo os “jogos germinativos  na prática”, disse Gates.

“O bom é que muito da P&D ( pesquisas e desenvolvimentos) que precisamos fazer para estarmos prontos para as próximas pandemias são coisas como fazer vacinas baratas, ter grandes fábricas, erradicar a gripe, livrar-se do resfriado comum, tornar as vacinas apenas um pequeno patch (adesivo)  que você coloca em seu braço, [são] coisas que serão incrivelmente benéficas, mesmo nos anos em que não teremos pandemias. ”

BIll Gates

Em relação a vacinação contra o COVID-19 ele admitiu que estas vacinas não estão respondendo como deveriam, elas reduzem a transmissão de forma leve e enalteceu a Austrália e Nova Zelândia que mostraram uma gestão competente para manter a mortalidade baixa. 

O problema é que esses dois países tiraram todas as liberdades individuais de seus cidadãos, transformaram as cidades em campos de guerrilhas e o punho duro do estado fez com que milhares de empresas fechassem suas portas definitivamente, trazendo desemprego e desespero.  

Gates deixou claro que além da mensagem climática, a preparação para as próximas pandemias será o foco de seus projetos onde ele irá falar constantemente. A mensagem final desta entrevista a Jeremy Hunt foi direcionada aos governantes :

“...perdemos trilhões de dólares e milhões de vidas e os cidadãos esperam que seus governos não deixem isso acontecer novamente.”

O mesmo homem que quer erradicar metade da população humana, quer também erradicar todos os vírus através de suas vacinas e se isso ainda não foi possível  até agora foi porque os governos não injetaram os bilhões dos contribuintes para que isso fosse concretizado através das pesquisas e desenvolvimento  centralizado no seu “hub” pessoal , ou seja, a Organização Mundial da Saúde.

Enquanto isso, apesar de cerca de um bilhão de doses de vacina terem sido administradas nestas regiões, já foi oficialmente anunciada a quarta onda de Pandemia na Europa e Ásia Central. Segundo a própria OMS esperam  por mais de 500.000 possíveis mortes antes de 1º de fevereiro de 2022. Nas últimas quatro semanas, notou-se um aumento de 55% de novos casos de Covid-19, com a Europa e a Ásia Central respondendo por 59% dos casos globais e 48% das mortes relatadas. 

De quem é a culpa? Dos não vacinados, da variante Delta ou do inverno que irá chegar? 
Ou dos vacinados, que não tiveram o resultado esperado como o próprio Bill afirmou nesta entrevista? 

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

4 comentários em “Bill Gates: ” Temos as vacinas que ajudam, mas elas apenas reduziram a transmissão de forma leve, precisamos encontrar uma nova maneira de fazer vacinas””

    1. Por que Kill se acha dono da vacina, será que ele não é mesmo? Será que a vacina já existia antes que o tal viru$ começa-se de forma muito estranha? Por que existe essa pressão absurda para as pessoas se vacinarem com um experimento que não ffunciona, milhares de pessoas com problemas cardiacos, trombose, etc? Por que não promover o uao de remedios que funcionam (iverm…, cloro…, azitr..)?

      1. Eliane Fioretti de Castro

        Você acertou Damian, essa vacina já existia antes do vírus ser fabricado em laboratório, infelizmente as indústrias farmacêuticas estão ganhando bilhões com as picadinhas e se recusam a se responsabilizar pelos efeitos colaterais. Pra mim a nova Ordem Mundial já começou, só Deus para ter misericórdia de nós

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *