Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

Anthony Fauci: “Quarta onda inevitável”

Karina Michelin

Karina Michelin

O professor Fauci, conhecido como a divindade da ciência mundial e instrumento de propaganda anti-Trump, mostra números e riscos para uma quarta onda, já em maio.

Faucu disse:

… o aumento de casos é “perturbador”.

Com quase 73.000 novas infecções em 24 horas, a mídia relata que o número de novos casos de coronavírus nos Estados Unidos se estabilizou nos últimos dias, mas em um nível “preocupante”.

Claro, com a ausência de Donald Trump da Casa Branca provavelmente torna esses números menos midiáticos, mas eles falam claro, mesmo com a vacinação em massa os números de infecções são altos. De acordo com dados do New York Times, os EUA registraram 73.200 positivos e na última semana houve uma média de 65.556 casos por dia, um aumento de 14% em relação à média das 2 semanas anteriores.Isso apesar da velocidade com que a campanha de vacinação está avançando: cerca de 109 milhões de pessoas nos Estados Unidos já receberam pelo menos 1 dose, o equivalente a mais de 33% da população, e todos os 50 estados se comprometeram a vacinar todos adultos até o dia 19 de abril.

Entre as principais causas do aumento de infecções é a disseminação da variante britânica, que agora é a cepa dominante nos Estados Unidos. Para conter essa disseminação, Fauci disse aos americanos de se vacinarem e de continuar seguindo as medidas preventivas: uso de máscaras e o distanciamento social, detalhe: mesmo vacinados. “Espere um pouco mais – avisou – não é hora de declarar vitória”.

O mercado financeiro agradece Dr Fauci, esperamos ansiosos pela quinta, sexta, sétima ondas. Continuando presos, usando máscaras e recebendo a terceira, quarta, quinta dose da vacina.

E segue o jogo sujo!

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados