Pular para o conteúdo
Pesquisar
Close this search box.

Áustria: Médicos, cientistas, jornalistas independentes, advogados e ativistas se reúnem na maior conferência mundial pela liberdade.

Karina Michelin

Karina Michelin

Entre os dias 15 e 18 de setembro irá acontecer em Viena o maior encontro de profissionais da saúde do mundo – tudo pela Liberdade. 

A World Council for Health, é uma organização sem fins lucrativos dedicada exclusivamente para o Povo (aqui). Esta coalizão global de organizações focadas na saúde e grupos da sociedade civil, busca ampliar o conhecimento e a compreensão da saúde pública por meio da ciência e da sabedoria compartilhada. O seu objetivo é salvaguardar os direitos humanos e o livre arbítrio, enquanto capacita as pessoas a assumir o controle de sua saúde e bem-estar.

A World Council for Health, irá realizar em Viena na próxima semana uma conferência que irá reunir profissionais de todo o mundo. Better Way Conference, é o evento mais esperado da atualidade, que caminha para a sua segunda edição depois do evento inaugural em Bath – no interior do sudoeste da Inglaterra. Viena foi escolhida para sediar a segunda edição onde  jornalistas, personalidades da mídia independente e especialistas de todo o mundo irão falar livremente sobre os tópicos mais importantes e discutidos dos últimos três anos  – no mais absoluto espírito da liberdade de expressão. 

O Brasil será representado pelo Doutor José Nasser, médico e neurocientista Phd – que irá palestrar no dia 17 de setembro junto a grandes nomes da ciência mundial como: Dr. Geert vanden Bossche, Dr. Ryan Cole, Dra. Dr. Jessica Rose entre outros luminares. 

John Kage, brasileiro, ativista e um dos maiores articuladores de manifestações em prol da liberdade, também irá representar o Brasil. Seu conhecimento e experiência despertou o interesse de ativistas americanos, canadenses e europeus – sua determinação, disciplina e coragem estão servindo de exemplo para a grande resistência. 

O calendário do evento irá contar com quatro dias intensos de palestras ( aqui ), ministradas pelos mais competentes profissionais da área da saúde – pesquisadores e especialistas de todo o mundo irão apresentar suas visões acadêmicas, livres de censura, levantando as questões mais importantes do nosso tempo. 

Jornalistas independentes, foram convidados para discutir a necessidade de uma redescoberta da ética jornalística: onde se faz necessário reportar as noticias de forma imparcial, sobretudo no que diz respeito ao mundo cientifico e social. A pesquisa rigorosa e a investigação de potenciais conflitos de interesse serão um dos importantes temas abordados que irá abranger todos os grandes protagonistas que se evidenciaram durante a pandemia – tanto na política, nos negócios, na ciência, finanças –  e na própria grande mídia.

Juntos, somos poderosos. Agora é a hora de nos unirmos, nos levantarmos e falarmos a verdade. 

A humanidade está chegando em um importante ponto de virada na nossa história contemporânea. Como buscadores da verdade, temos a obrigação  de moldar uma nova visão compartilhada de saúde integrativa e responsável para a nossa sociedade.

Temos uma escolha a fazer : entre a liberdade e o medo.

E nós escolhemos a LIBERDADE

Nossos encontros focados em soluções reúnem líderes de todo o mundo nas áreas de saúde, direito, jornalismo, ativismo e muito mais para aprender, explorar, criar e colaborar. E você está convidado a se juntar a nós!

Gostou do conteúdo? Compartilhe:

19 comentários em “Áustria: Médicos, cientistas, jornalistas independentes, advogados e ativistas se reúnem na maior conferência mundial pela liberdade.”

  1. Espero que esse encontro alerte as pessoas que o sentimentalismo barato onde um se preocupa com outro é uma desculpa para manter o poder nas mãos de tiranos

    Espero que esse encontro exija a prisão de todos aqueles tiranos inclusive médicos que sob o pretexto de uma falsa pandemia quiseram dominar a consciência das pessoas Para que ela se envenenassem através da injeção de um experimento e através do uso de máscaras

    Espero que esses médicos tomem consciência e parem de querer dominar a consciência das pessoas através da doença

    Espero realmente que esse encontro seja para que a humanidade se liberte dessa ciência tirana ,E que se não exigirem a prisão e todos os tiranos de nada valerá esse esforço

    1. Caro Gilberto, sua retórica foi coalhada de sentimentalismo barato!!!
      TODOS os envolvidos em pandemencias têm que ser executados, de preferencia lapidadfos em praça pública e vc vem com esse papionho de tem que ser punidos??? Esses lixos desgraçaram milhões, bilhões de vidas, a pena capital ainda é pequena para esses lixos!!! EM meu entendimento TODOS os parentes que se beneficiaram com qualquer átomo de recursos que tais lixos receberam têm que ser executados também, e a expropriação absoluta de todos os bens para pagar indenização dos prejudicados!
      E aí, depois de nadar de braçadas no sentimentalismo clichê barato mergulhou no pieguismo igualmente barato!
      “Espero realmente que esse encontro seja para que a humanidade se liberte dessa ciência tirana”
      OU seja, vc espera que os outros limpem a sua bunda, é isso!
      A $ien$$ia que emplaca plandemias e tirana, mas macacos lixos que endossam não são tiranizados pela estupidez sistêmica, é isso?
      Quem tem que se phoder é o povo lixo, o predador que usa da $iên$$ia tá certo, ele está lutando a luta dele, agora os lixos que desde sempre entenderam que suas saúdes eram responsabilidade exatamente do predador merecem é a morte violenta, são lixos plenos!
      Não coloque nos predadores as culpas dos lixos, eles são o que são, NUNCA negaram seus objetivos, vide todo velho testamento, nunca negaram que a meta deles era a tomada do i-mundo!
      A coisa mais fácil é apontar para os outros, mas apontar contra os outros culpando-os de nossas cagadas é sonso!
      Que ciencia que é tirana? Quem é tirana é a estupidez, é ela que garante uma massa enorme de estúpidos fazendo fila em postos de saúde, enfiando focinheira na cara, ficando apavorado porque alguém espirrou, e o mais abjeto, massa lixo que acha que cabe aos outros resolverem as pendegas e irrsponsabilidade3s próprias!

  2. Gratidao Karina, sempre trazendo informacoes importantes para o cidadao.

    Agradeco tbem imensamente estes medicos, advogados e todos os profissionais que incansavelmente vem trazendo informacoes e lutando contra o sistema. Eles me representam. Sao luz no fim do tunel. Espero que seja um sucesso este evento.

    1. Cara Sonia, não seria mais pertinente a macacada tomar vergonha na cara estudar e abandonar a preguiça e hedonismo e em vez de deixar para a cabeça do mérdico pensar por nossas saúdes, nós começarmos a cuidar de nossas saúdes???
      Se nós não pensamos com nossa cabeça ao ponto de entendermos que nossa saúde é responsabilidade de merdicos, não nos mostra que algo que nunca soubemos foi pensar com as nossas cabeças?

  3. Cara Karina, mais que louvável a proposta,entretanto observo que mais uma vez estaremos entrando no mesmo jogo, o jogo de delegar!
    Não se delega responsabilidade de forma alguma, e dessa forma a massa popular tem que se mobilizar por si mesma, de outra forma continuará no mesmo loop, o loop de delegação de responsabilidade.
    Não são médicos ou mérdicos que sabem de nossa saúde, quem sabe de nós somos nós! Médicos e mérdicos dependem de anamnese, ou para tentar descobrir o problema ou para se eximir de culpa em processo futuro!
    E isso não é diferente de entregar nas patas governamentais ou de planos de saúde nossas responsabilidade!
    É válido médicos resolverem repensar o modus operandi, sobretudo do rotundo fracasso nessa palhaçandêmica, mas se esses personagens fossem norteadores, eles próprios teriam saúde e não é o caso, e acreditar que alguém que tem uma porca saúde poderá nos proporcionar uma forte saúde é insano!
    Um exemplo do que afirmo é se observarmos a estrutura física de médicos (nem vale citar os mérdicos), veremos em 90% dos casos estamos diante de pusilânime covarde, frouxo, guloso, hedonista e acima de tudo vaidoso!
    Tenho vários amigos médicos ou mérdicos e TODOS sem excessão estão em condição de saúde a parcecs de distancia de minha saúde. Um deles, inclusive tem os irmãos vegetarianos graças a minha argumentação, e diz que vegetarianismo é uma comida que é a mesma sempre, ele alega que não existem pratos diferenciados, e isso comendo duas fatias de presunto e queijo com uma xícara de café como refeioção matutina! PQP, o infeliz come VENENO e ainda assim acha que isso é uma alimentação equilibrada!!!
    Isso são médicos ou mérdicos, personagens que nunca souberam cuidar de si mesmos!
    Um dos citados no texto é gordo, e gordos são o exemplo de tudo o que não presta, comem mais do que precisam, ou seja são GULOSOS, egoistas, olhos grandes, soberbos! E fazem muito menos do que deviam, tanto é que não gastam a caloria e ela se acumula em forma de reserva gordurosa!
    Mais, nos últimos 150 anos a industria fármaco se projetou exponencialmente e nem por isso a saúde p[ública melhorou!
    Alegam maior longevidade e isso é MENTIRA, meus bisavós e tataravós viveram mais de 110 anos, com um deles chegando aos 126 anos e isso na labuta campal, e hoje sequer a cambada chega aos 100 saudáveis!
    O que acontecia para legitimar essa falácia criminal de aumento de longevidade é simples: Antes a possibilidade dos censos não atingirem a toda a população era de 100% visto que NUNCA teriam como contar pessoas em uma terra gigante como a nossa, swobretudo com 80% da população campônia, e em 1970 a popul do Brasil era 73% campônia e míseros 27% eram urbanos! Evidentemente o censo era feito predominante, se não absoluto, nas cidades, e aí, a saúde sempre foi lixo, vide a degeneração boêmia que assolou a popul travestida de mal do século, a tuberculose. Nas cidades existem esgotos, que não existem no campo, nas cidades existe a prostituição e a salada de venéreas, e nessa questão observo que venéreas NÃO TÊM CURA através de drogas, mas sim com mudança de comportamento! Isso sem me ater ao fato de 70% da popul que foi diasporizada para as américas eram sifiliticos, e sifilis fica latente por toda a vida e só vai se manifestar em momento de baixa imunidade, e de baixa imunidade em baixa imunidade, uma pessoa que pegou sifilis aos 18 anos vai manifestar essa sífilis sobretudo em danos neurológicos pelos 60 anos, e isso mérdicos não contam, mas se formos ao um bom iridologista ele nos dará o histórico da sifilis em nossa ascendencia. Eu sugeriria fortemente um estudo do material de Manuel Lezaeta Acharán, um médico naturopata chileno desenvolvedor de teorias curativas via temperatura!
    Ele conta que em toda a vida só conheceu um olho sadio de verdade, e que todos os outros tinham mostras de degeneração genética. Segundo ele só os olhos azuis e castanhos escuros são olhos limpos, mas essa questao eu discordo dele, pois a miscigenação garante os olhos de cores variadas mas nem por isso são degenreados, o que entendo é que a desseletividade muitas vezes emplaca reproduções nefastas, e aí, evidentemente pessoas com genética mais sólida têm menor propensão à promiscuidade, têm objetivos mais claros.
    Mas qualquer um pode fazer um auto diagnóstico iridológico e isso explanarei aqui de forma que fique claro a todos que a saúde pode ser conseguida apenas com a diligiencia de postura comportamental.
    As fibras da iris, aquelas que se esticam da pupila à esclerótica DEVEM SER LISAS, RETILÍNEAS RADIAIS, HOMOGÊNIAS NA COR, SEM EMBASSAMENTOS, sem pontos negros ou escuros, pois tudo isso indica disturbio físico.
    Vale seguirmos a física, onda é um disturbio em um meio, e assim o meio é alterado, por exemplo: uma água lisa quando jogamos uma pedra acaba alterada por manifestações concêntricas, as vulgas ondas.
    O mesmo deve ser aplicado à íris: qualquer alteração na homogeneidade das fibras iridológicas devem ser entendidas distúrbios!
    Só com essa análise temos um espctro de nossa saúde.
    Daí, temos o MAPA IRIDOLÓGICO, mas esse da mesma forma que mapas quiropráticos (das mãos) e dos pés variam em função de quem o fez, havendo não diferenças discrepantes mas notáveis, no caso dos mapas iridológicos o mesmo acontece, alguns mostram uma coisa como sintoma de algo e outro diz que é sintima de outro algo.
    A razão é simples, todos somos únicos idiossincráticos e consequentemente temos resposatas únicas em nossas manifestações orgãnicas.
    Mas no bojo todos são quase iguais, onde na íris interna representa o mais interno, o mais embaixo representa o mais embaixo e por aí vai.
    Uma das marcas mais notáveis que vejo no dia a dia são as marcas em 7 h da íris, proximas à borda externa, são posições de útero/gonadas bexiga, genitais, e em quase todas as pessoas que conheço com olhos claros (olhos escuros é complicado de analisar, eu teria que ficar muito focado nos olhos e até ilmuiná-los e daria na pinta) tem máculas nessas posições, mostrando para mim de forma clara que a imensa maioria da população que comigo interage são controlados pelo MEDO! Pois o órgão do medo é a bexiga (não é coincidência gente ou animal apavorado se mijarem todos), e aí, fica muito mais fácil para mim entender o panorama psicossocial, um povo medroso é povo vendido, refém!
    Como sempre digo, é fundamental o conhecimento e isso mérdicos e até médicos nunca realmente tiveram, o que eles têm é ADESTRAÇÃO MASSIVA!
    Um exemplo curioso, cólicas menstruais: as cólicas menstruais são resolvidas com alimentação CRUA frugal e folhar (saladas cruas de vegetais) e nunca sucos, ou similares, pois a frutose não pode ser separada da fibra ou se torna um açucar nefasto como é a sacarose. E basta massagear os tornozelos próximo aos calcanhares, ali onde nasce o ciático, que ali está um ponto de acupressura (do in) ligado ao útero. Outra fácil, intestino constipado, basta massagear a almofada do polegar, observando que ali doí muito quando está com intestino claudicante. Nariz entupido se resolve com um livro grosso embaixo do braço, ele desentope automaticamente o nariz oposto e aí, podemos respirar sem ingerir veneno BRUTO< pois sorine e outras imundícies são venenos absurdamente viciantes!
    Só com toques podemos resolver a maioria das ziquiziras comuns.
    E com a vantagem de forçar o corpo a ragir, o que nunca acontece com remérdios, pois esses ENTOXICAM o corpo e o corpo é obrigado a desviar o foco do problema (a causa da dor) e se dedicar a limpar a toxina, É POR ISSO QUE REMÉRDIOS PARECEM AJUDAR, ESSAS DESGRAÇAS SIMPLESMENTE SÃO VENENOS TÃO INSANOS QUE O CORPO É DESVIADO DO FOCO CURATIVO PARA O FOCO DEPURATIVO E AÍ, OBVIAMENTE OS SINTOMAS SOMEM, MAS O PROBLEMA ESTÁ LÁ CRÔNICO!
    A merdicina sempre foi tecnocrata, aliás, a proposta de ortodoxia mérdica só existe tecnocraticamente!
    Antibiótico, o nome já diz: mata a vida, mas a macacada não entende que a medida do veneno determina o tamanho do envenenado! A quantidade de veneno necessária é diretamente proporcional ao tamanho do alvo.

    Ou seja, microbiotas moprrem antes de nós porque são menores, mas isso não quer dizer que não estejamos sendo envenenados por antibóticos, simplesmente eles matam lento por conta do nível sérico necessário para ser imediamente letal para um ser mais robusto que microbiotas!
    Não existe remédio, existem REMÉRDIOS, e se houver alguma dúvida de qualquer leitor eu sugiro que leiam sobre os componentes de remérdios em suas caratceristicas qúimicas!
    A única MEDICINA é aquela que preconisa que o médico recebe suporte, subsidios, salários quando ele garante a saúde e NUNCA quando ele usa da doença para fazer dinheiro.
    Ou seja, se um médico nos garante sadios com suas sugestões alimentares e comportamentais damos suporte e sustento a ele, mas se o lixo fica a espreita da doença para entrar em cena, temos um lixo sabotador que precisa de nossa desgraça para se beneficiar!
    Deixo uma pergunta final: se mérdicos precisam da doença para receber recursos, ele irá de alguma forma debelar essa doença ou a manterá aconchegada para melhor forrar seus bolsos?
    Quem depende de nossas desgraças para ter seus proventos, NUNCA irá contribuir pela extinção da doença, sua fonte de renda! Isso é insofismável, axiomático!!!

    1. “Alegam maior longevidade e isso é MENTIRA, meus bisavós e tataravós viveram mais de 110 anos, com um deles chegando aos 126 anos e isso na labuta campal, e hoje sequer a cambada chega aos 100 saudáveis!”
      Prezado César, arrisco a dizer tambem que esse papo no bananil de que o ser brasileiro esta vivendo mais não passa de uma forma de suavizar o aumento cada vez maior do tempo da “contribuição compulsória” do inss, jogando cada vez mais o trabalhador a pagar ad eternum por um benefício que dificilmente retornará para o peão o que ele foi obrigado a pagar. E povo cai como um idiota nessa esparrela!

      E que 100 anos nada! Rapaz, hoje em dia o cabra chega aos 50 já tá com o motor fundindo, batendo biela! Arrisco dizer que essa geração de 1.970 pra cá dificilmente chegará aos 70, quiçá aos 100!

      O seu comentário sobre essa referida classe e drogas foi direto ao ponto! E isso incomoda muita gente, fere muito ego, principalmente dos amigos que citastes. Alem do mais, muita gente nao deve ter notado ainda (principalmente os que ficam na espera vidrados na TV e nos esmartefones), mas geralmente quando a recepção do consultório está cheio, com a galera aguardando 1, 2, 3 horas para o atendimento, chega um cara muitas vezes bem vestido, com uma pastinha na mão, que não espera nem 5 minutos e já vai entrando para a sala do “doutô”. Esse é o parceiro de negócios, o cara do laboratório, e tem preferência máxima!

      1. É quase por aí, mas vejo pior!
        A aparente longevidade na realidade se chama sobrevida, ou seja, lixos que mortos estariam mais profícuos acabam, durando mais enchendo as burras de labs farmafiosos e merdicos salafros!
        Hoje um irresponsável com pressão explodida pode durar muito consumindo um dos fármacos mais monstruosos que existem os de pressão,m que simplesmente pulverizam a homeostase orgânica para garantir a redução do ritmo cardíaco, e pior, isso é um coquetel que vai condenar a pessoa a depender SEMPRE dessa bosta!
        Existe realmente um aumento de longevidade, mas de enfermos crônicos!
        Antes a maioria dos podres de hoje, diabéticos, carcinomáticos, cardíacos, hepatolesados etc., morriam rápido, agora moribundeiam por muito tempo e sempre exigindo cuidados cada vez maiores e drogas sem parar, só quem se beneficia são mérdicos e farmafias, e como ambos têm poder quase ilimitado (saúde faz qualquer um refém) emplacaram planos de saúde para garantir que poderiam drenar a fonte desde cedo, muito antes da necessidade da fonte, e como sabem que doentes são reféns completamente v endidos, sabem que podem até dar calote em planos de saúde, pois sabem que o povo vai pressionar eeles poderão drenar sobretudo os sistemas de saúde estatais, quando TODOS, inclusive os que nunca entraram em hospitais (meu caso) depois de adultos, que nunca compraram remérdios por temposemelhante pagando a conta!!!

        Os mileniais são degeneração raiz pois são filhos do sexo livre e sem responsabilidade, e aí, as mães já atarefadas em outras questões alavancadas pela mérdia achavam pertinente dar papinha nestlé, danoninha que valia pór um bifinho, bolachas, biscoitos com recheio (gordura hidrogenada com aroma e sabor artificial, algo como comer graxa saborizada), refrigerantes e todo um manancial da mais abjeta qualidade!
        Comeu merda, vira merda, isso é irredutível!
        Observe as pernas de mulheres de filmes de antes de 1960, não havia refri e a mulherada NÃO TINHA CELULITE!
        Celulite é célula inflamada e assim ficam inchadas e criam aqueles relevos em um processo de células inchadas amassando células sadias fazendo-as serem esmagadas dando o shape calombento.
        Hoje vemos valete com celulite, e tudo por conta de sedentarismo e açucar porcalhão e carboidratos refinados sobretudo!
        As mulheres são mais prejudicadas pelas celulites porque sem exercícios e com vocação para reter reserva nutricional (corpo preparado para sustentar outra vida) a coisa desanda, pois exercício significa oxigenação celular, e c´[elula inflama e morre extamente por falta de oxigênio!
        Mas nunca veremos isso divulgado, afinal a mérdia é dos farmafiosos, dos mérdicos, dos paraisitas e alienígenas!

  4. É incrível, vários comentários e a maioria delegando aos outros suas responsabilidades, e ainda querem ser bem tratados… Deve ser gozação, nao é possível…

  5. Cesar, como conseguem manter essa situacao? Se a pessoa se curar, acaba o problema e com isso não tem mais consulta, nem remédio, nem exames etc. Se a pessoa morrer, seca a fonte. Como conseguem manter a massa nessa punheta, nesse misancene coletivo?

    Essa galera do jaleco branco et caterva não assumem a eficácia da medicina natural, ervas, legumes, frutas, chás etc. Vitamina D agora é via farmavia, nao do modo natural e gratuito! Afinal, pra que um chazinnho de 3,00 se podem enfiar uma embalagem bonitinha e cara por 50,00? E o interessante é que essa geração, que creio ser da faixa etária dos leitores dessa pagina, tiveram os seus pais, avos, criados nessa base de comida e remédios naturais muitas vezes tão próximos, e agora são totalmente dependentes de substâncias que viajam milhares de km para chegar até suas casas.

    Existem 3 coisas que uso há um bom tempo e gostaria de pedir a sua opinião: extrato de propolis (20 a 30% de concentração), cúrcuma (geralmente em pó) e ora pro nobis (em alguns lugares conhecida também por lobrobrô).

    1. Caro CG, como se mantêm essa situação???
      IRRESPONSABILIDADE, CAFAJESTICE E ESTUPIDEZ EVIDENTEMENTE!
      E pode apostar, essas três “qualidades” citadas não são dos donos do jogo, dos farmafiosos, ao contrário, esses agem com impecabilidade, eficacia extrema e eficiencia absoluta!
      Essas “qualidades” são a medida absoluta de 95% da popul humana e por isso esse quadro está configurado!
      Já fiz parte de chusma imunda, já fui do lote dos que chegam em casa e abrem uma cerveja, até TV já tive! Minha sorte é que sempre tive ódio de mérdicos, sei os lixos que são esses excrementos!
      Mas não fiquei livre da estupidez, ao contrário, dormia abraçadinho com ela toda noite e dançava com ela todo dia!
      Foi paixão forte, e como toda paixão forte exige atitudes mais fortes!
      Largar a lixeirama implica em perceber que ela não vai embora por si só, ao contrário, ela é possessiva, ciumenta, e muito emotiva, aí, começamos nossa saga de limpeza orgãnica e espiritual!
      Entendo por experiência própria que quem é desportista natural (aquele que adora esportes e pratica) tem já uma alavanca para combater a lixeirice, já sedentários são soldados da lixeirice e estupidez, e claro, soldados do sistema, do status quo, do establishment.
      A primeira coisa que temos que entender é que comemos para viver e não vivemos para comer!
      A segunda é entender que os gânglios são SACOS de lixo, quando estão ingurgitados é saco de lixo cheio que está em casa!
      A terceira é entender que para esvaziar esses sacos de lixo é fundamental o movimento, pois os gânglios se localizam nas ARTICULAÇÕES, e a razão é simples, é atravéz dos movimentos que esvaziamos o sacos de lixo, eles não têm sistema de bombeamento como o sangue e tampouco aquela pulsação da circulação craniosacral do líquido raquidiano! A única forma de bombearmos os sacos lixo para que esvaziem é com movimentos apertando e distendendo os ganglios com os movimentos dos membros!
      Só com esse entendimento começamos a subir a escada da degeneração que sistematicamente descemos o tempo todo.
      A oxigenação aumenta e com isso a capacidade cerebral sofre uma anabolizada e começa a mudar, sem que precisemos ficar mantrando, fazendo hipnose ou criando rotinas estafantes!
      Com exercícios se cria uma inércia curativa.
      Só que exercício não é no fim de semana ir jogar bola cvom a macacada, até porque futebol estimula viadagem, pois valetes juntos se atritando, trocando fluidos suorentos, cheirando as testosteronas alheias cria um sintoma muito estranho que ainda não tenho um panorama claro mas que claramente é nefasto. Já jogeui bola, mas sempre fui pipoquiero e cabeça quente, ou seja, se vinha valete suado em minha direão eu já pipocava fora, e se me tocasse a porrada comia, nem preciso dizer que sempre fui visto como persona non grata!
      Mas isso foi bom, ter essa sensação desagradável com relação a esportes coletivos me levou ao remo e a natação, ambos provavelmenbte dentro do lote dos 5 mais em termos de esporte. Daí, as amisades também mudam, passei a fazer taishi, remo, natação só de águas abertas, minha misantropia é tão intensa que até em natação em piscina eu arrumava arenga, ou seja, sou um privilegiado, pela aversão à macacada acabei nos esportes sensacionais.
      Quando se faz só natação de aguas abertas temos como opção a eficacia, estamos sós, longe de tudo, sobretudo da margem, ou ficamos afiados ou podemos empacotar rápido.
      Corrida de orientação auqelas corridas de mato, relevo irregular é outro esprte sadio.
      Mas para mim o remo e natação são absolutos, remada boa nbo mínimo é de mais de 10 km, menos é só para acostumar o corpo! Já natação ér aquilo, água quente dá de ficar até umas 4 horas de molho, mas conforme baixa a temperatura o tempo é reduzido drasticamente!
      Esportes parados os melhores são falungong e yoga, e de controle e equilíbrio o taishi é fantástico.
      Conclusao, o escape da estupdez é potencializado pelos exercícios onde a vaidade, a exposição e a interação são limitados e isso só se consegue com esportes onde ninguém te ve.
      Esse é o caminho saúdavel para escapar da estupidez e cafajestice.

      Acredito que a maior masela transmitida aos mais novos é a falta de movimento, a falta de exercícios, e pessoas sem exercícios não sabem o quão fracas são, e aí nem perdem tempo com a possibilidade de fortalecimento!
      Os pais já são mal criados há mais de 5 gerações e aí, geram culpados que acabam querendo compensar suas educações que entendem ruim por algo mais doentio ainda, o mimo, o excesso de cuidados e paparicos, e aí, essa cambada já nasceu aviadada cheia de frescura!
      Quantas vezes já vi mães idiotas defecando pela boca que seus filhotes não podem brincar na lama, não podem tomar chuva, não podem tomar sol, têm que usar sebo com lâminas metálicas (protetores solares), não podem sentir frio, não podem andar descalços…
      Não tem como seres tratados assim não virarem lixos a força plena!!!
      Acredito que a questão fulcral da miséria humana não é a perda de hábitos dos antigos, mas sim a aquisição de hébitos idiotas!
      Me lembro quando com uns dois anos no máxmo ia com minha mãe à praia a pé, eram uns pelo menos 500 metros até a praia, e eu ia sempre descalço, furava o pé com espinhos queimava o pé com bituca de cigarro, topava aquelas pedras portuguesas, uivava de dor correndo na areia quente da praia e aí a Mãe me pegava! Nem preciso dizer que é assim que aprendemos a olhar por onde andamos! Dormia muitas vezes tentando levitar de tão queimada que estava minhas costas de sol, aliás para não dizer que NUNCA usei protetor solar, uma vez pedi para a namorada de um brô sundown e aí pintei com ele um smile em meu peito, tomei um esporro brutal por conta da palhaçada! Mas fiquei com aquele sorrisão brancão no peito. A dona quase surtou pois esse troço de sundown era os olhos da cara, era até importado!! 😀
      Já hoje a macacada antes de sair coloca sundown, coloca “papatinho”…
      Hoje vemos a viadaria descontrolada quando chove, os lixos correm como se fossem o cascão!
      Correr da chuva é absurdo, correr na chuva é delicioso!
      Essa cambada foi feita com “sexo aburrido” , são seres feitos por sexo sem vigor, sem paixão, sem esplosividade, por isso sempre alerto a mulheres que é fundamental escolher macho com alta potencia, pois essa é a forma de garantir no ato da concepção a energia exuberante que nuca será acessada por viagreiros perfumados, daí, a mulehrada faz filho lixo e é onbrigada a amar o lixo! Essa é a maior desgraça de toda mulher, ser obrigada a amar filho lixo porque por carencia aceitou amar ou trepar com um merda!
      Todos esses lixos são frutos do sexo raso, apenas isso.
      Já os alimentos citados por vc são ótimos, mas a curcuma (açafrão) melhor é in natura, aquela raiz que parece um gengibre com pegada de abóbora ou cenoura pela cor.
      A propolis é um puta antiseptico, mas tem que ficar ligado, eu adorava até o gosto dela, e acabei tendo meu sistema gástrico irritado pelo exagerado consumo! Propolis serve de tudo quanto é jeito, uso tópico, ingerindo, como “fortificante” na alimentação… Mas o melhor é ingerir com mel, só que tanto prtópolis quanto mel são hardcore, muito fortes e só devem ser usados quando sentimos que a alimentação normal não está dando conta.
      Ora pron obis só não é saborosa, mas é muito nutritiva, mas ter em casa exige bom senso, pois os espinhos dela são de phoder e o pé cresce mais que capim!!

  6. Observaremos se neste novo admirável mundo seremos obrigados a desrespeitar o prineiro mandamento do Deus de Israel. Estamos com os dois olhos bem abertos.

  7. Observaremos se neste novo admirável mundo seremos obrigados a desrespeitar o primeiro mandamento do Deus de Israel. Estamos com os dois olhos bem abertos.

  8. Exatamente! Poucos conseguem constatar que esses players que voce citou conseguem manter a massa refém, com total aquiescencia dos proprios. Nao eliminam a clientela, ao mesmo tempo em que não permitem que ela os abandone. Uma vez que uma pessoa entra nesse círculo vicioso, ela só sairá se conseguir enxergar essas premissas que citastes, bem como outras também importantes.

    Em relação à propolis, um jeito legal de consumo é voce conseguir as barras e mastigar. Não é tão fácil encontra-lá in natura, mas nada que não se resolva através de uma rede de contatos com produtores. Assim como a cúrcuma, um pedacinho que seja já é o suficiente (que o diga uma malagueta!).

    Seguramente o ensinamento aprendido desde pequenino sobre espinhos, pedras, areia praianas se aplica também aos espinhos do ora pro nobis. Depois que pegamos o jeito, fica mais fácil a colheita e o controle dos galhos! E esses ainda servem como uma proteção nas divisas de terrenos contra ratos de varal.

    1. O incrível não são os players refenizando a massa, é a massa clamando a refenização!
      É a velha sínbdrome de estocolmo, a macacada sendo sequestrada pelo estado há muito, hoje clama e defendem esse organismo 10000% VENAL, CRIMINOSO, PARASITÁRIO!
      Os func. públicos eu até entendo que sejam sindrômicos, até porque são os mais beneficiados nesse jogo de bate a assopra estatal, mas o resto…!?
      Para entrar nesse sarau é fundamental a preguiça, o parasitismo e acima de tudo a INCOMPETÊNCIA, pois só incompetetes clamam para ser bunda de baleia, quem tem competência prefere ser cabeça de sardinha!!!
      Já five apicultores na família, conheço relativamente bem o trato com abelhas, e realmente é como diz, existem pedras (barras) de própolis, inclusive para dar mais firmeza se mistura a cera para estabilizar a propolis, evitando que substancias dela se volatizem ou deterioriem via oxidação ou outro processo.
      Mas isso nem ia comentar, pois é difícil conseguir. Até hoje tenho minha pedra de propolis que basta morder um pedacinho de nada para já ter efeito. Mas se a galera seguir o caminho das pedras que sugere, aí é sem dúvida a melhor solução.
      Sempre observando: NÃO SE AQUECE A PRÓPOLIS, POIS ISSO DESTRÓI AS PROPRIEDADES DESSA, O MESMO SE APLICA AO MEL, QUE SUGIRO QUE NUNCA DEVE SER COMPRADO EM POTE DE BOCA FINA, pois se cristalizar não consegue mais tirar, se aquecer o mel se perde. No máximo um banho maria com uns 40 graus e olhe lá!
      É vero, mas há de convir que se naqueles dias que estamos estabanados resolvemos passar correndo ao lado de um pé de orapronobis, só pelo design do espinho já garante aquele rasgadão que vai gerar impropérios abundantes! 😀
      E realmente um pé de orapronobis é melhor que qualquer concertinha da vida! Cruzar uma barreira de orapronobis lembra contos de florestas de espinhos e seus terrores! E a passarinhada gosta pois garante ninho intocável pela gataria!
      Os conhecimentos antigos, dos antigos, sobre plantas são o maior inimigo dos mérdicos, cultivemo-los, pois é assim que debelamos a mentira doença e expomos os reais culpados, os DEGENERADOS!

  9. Que grande escaravelho , me pareceu que queria devorar-te o coração. Cristo é o Eterno. Aquele egípcio é apenas narrativa. Deus te abençoe. Vou rezar por você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Karina Michelin

Posts relacionados